UTFPR e o Mercado de Trabalho – Licenciatura em Matemática

Hoje chegamos ao último curso da série UTFPR e o Mercado de Trabalho (Ahhhh :( )! Mas para terminar com chave de ouro, nós destacamos o curso de Licenciatura em Matemática, que forma, principalmente, profissionais na área da docência da matemática para escola básica. Além disso, o formado pode optar por outras áreas como finanças, pesquisa ou docência no ensino superior.

O curso da UTFPR oferece uma sólida formação pedagógica, humana e cultural, incentivando o aluno a buscar soluções para os problemas existentes nas escolas de formação básica e intervir na realidade social em busca de consolidação da cidadania. O curso é ofertado nos Câmpus Cornélio Procópio, Toledo e Pato Branco no período da noite e no Câmpus Curitiba pela manhã.

A coordenadora de curso e ex-aluna de Pato Branco, Marlova Caldatto, ressalta que a graduação em matemática do Câmpus aparece em 6º lugar na nota do ENADE e que os alunos não têm dificuldade em conseguir emprego: “A demanda pelos profissionais formandos em nosso curso é grande em função da qualidade da formação que proporcionamos. Geralmente, nossos alunos concluem o curso já empregados ou aprovados em processos seletivos de ingresso em programas de pós-graduação”.

Edson Airton, aluno já formado, diz que cursar a faculdade na UTFPR contou pontos e facilitou sua entrada no mercado de trabalho. “Todo acadêmico da UTFPR, desde que motivado a seguir no mercado de trabalho, não encontra dificuldades. Isso porque o acadêmico é bem visto pelo mercado, haja vista que as empresas conhecem a seriedade e a rigidez com que o curso acontece, de forma que o aluno que se forma na instituição sai pronto para encarar qualquer desafio”, comenta.

Em função da diversidade do mercado de trabalho, Marlova afirma ser complicado delimitar uma média salarial para os profissionais. Contudo, a coordenadora arrisca um mínimo salarial, que fica entre R$ 3 e R$ 4 mil reais.

Gostou de saber um pouquinho mais sobre o mercado de trabalho dos nossos cursos? Então não deixe de curtir e compartilhar! :)

UTFPR e o Mercado de Trabalho – Licenciatura em Informática

Informática é uma das áreas de maior crescimento atualmente. Por isso, a formação de profissionais que atuem nesse segmento é muito importante! Entre os diversos cursos da área, a UTFPR oferta o de Licenciatura em Informática, que habilita e qualifica docentes para atuarem no ensino da disciplina, sempre capacitados a acompanhar as evoluções tecnológicas e educacionais.

O licenciado em informática poderá atuar como professor de informática; coordenar laboratórios de informática; ofertar cursos de treinamento e qualificação; atuar na gestão de tecnologias em ensino a distância; desenvolver pesquisa e consultoria na área de informática na educação, entre outras atividades.

A disciplina de informática ainda não é obrigatória no ensino formal brasileiro, mas algumas escolas privadas já a oferecem, o que demanda professores para dar aulas a crianças e jovens. Outra área que também necessita desses profissionais é a de educação à distância, na qual o licenciado pode atuar como monitor, tutor e também com treinamento para uso de softwares e jogos educativos.

O curso da UTFPR – ofertado em Francisco Beltrão – contempla dois eixos básicos de disciplinas: educação e informática; que são ministradas conjuntamente. No primeiro, entram, por exemplo, disciplinas como Psicologia da Educação, Didática, História da Educação e Política Educacionais. Banco de Dados, Linguagem de Programação, Estrutura de Dados e Programação fazem parte das específicas da área da informática.

E aí, gostou das possibilidades de atuação do curso? Compartilhe!

UTFPR e o Mercado de Trabalho – Licenciatura em Física

Mais uma licenciatura. Hoje vamos conhecer mais sobre o curso e o mercado de trabalho do licenciado em física!

O curso de Licenciatura em Física, ofertado no Câmpus Curitiba, forma professores de física capacitados para dar aulas nos ensinos médio e fundamental (de ciências). Além dos conteúdos tradicionais ministrados em sala, os egressos também possibilitam aos seus alunos o acesso ao saber e fazer científico e tecnológico.

Durante os quatro anos de curso, o aluno é preparado para planejar e desenvolver diferentes experiências didáticas em física e elaborar ou adaptar materiais didáticos de diferentes naturezas, identificando seus objetivos formativos, de aprendizagem e educacionais.

Na UTFPR, o contato com a prática profissional acontece ainda nos primeiros períodos do curso por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid). O programa concede bolsas a alunos de licenciatura participantes de projetos de iniciação à docência desenvolvidos por Instituições de Educação Superior em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino.

Diante da carência de professores com formação em ciências exatas, o licenciado em física encontra um mercado extremamente aquecido. A demanda é grande tanto em escolas públicas quanto em particulares e cursinhos preparatórios para o vestibular. Segundo o Ministério da Educação, o salário inicial de um professor de educação básica na rede pública é de R$ 1.567 para 40 horas semanais de trabalho.

Pensando em cursar licenciatura em física? Deixe seu comentário!

UTFPR e o Mercado de Trabalho – Licenciatura em Ciências Biológicas

Hoje, a nossa série inicia a apresentação dos cursos de licenciatura ofertados pela UTFPR. Para começar, destacamos o mercado de trabalho do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.

Os estudos da área de biologia são bem amplos. Os profissionais estudam a vida e suas diferentes formas de expressão como, por exemplo, a origem, a estrutura e a evolução dos seres vivos. O curso de licenciatura em ciências biológicas, contudo, tem um enfoque diferente e objetiva formar biólogos com sólida formação pedagógica; ou seja, que possam contribuir para o progresso do ensino de biologia em nossas escolas.

O profissional pode atuar, principalmente, como professor e na gestão educacional dos alunos do ensino fundamental e médio. Além disso, também é possível o envolvimento com atividades  de pesquisas e novas tecnologias ou prestação de serviços à comunidade.

O curso de Licenciatura em Ciências Biológicas é ofertado no Câmpus Dois Vizinhos e tem duração de 4 anos. Sua grade curricular é composta por disciplinas específicas como Biologia Celular, Química Orgânica, Bioquímica, Botânica, Anatomia Humana, Genética e Zoologia; e disciplinas destinadas à formação de professores, como Psicologia da Educação, Didática e Política Educacionais.

Gostou da atuação dessa área? Curta e Compartilhe! 😉

UTFPR e o Mercado de Trabalho – Zootecnia

Planejar, orientar e executar técnicas visando à melhoria das atividades ligadas às diferentes cadeias agroindustriais envolvidas com a produção animal são algumas das funções do zootecnista, o profissional com formação em Zootecnia.

Na UTFPR, o curso é ofertado no Câmpus Dois Vizinhos e tem duração de quatro anos e meio. Já nos primeiros períodos, o aluno tem contato com disciplinas da área de agrárias como fisiologia, anatomia animal, climatologia, botânica, ecologia e gestão ambiental e gênese e morfologia do solo. A partir do quarto semestre, entram disciplinas mais específicas: nutrição animal, genética animal, bioclimatologia animal, ezoognósia, alimentação de ruminantes e não-ruminantes, ovinocultura, caprinocultura etc.

Ao contrário do médico veterinário, que cuida da saúde dos animais, o zootecnista se dedica à nutrição e alimentação, melhoramento genético e administração, buscando maior produtividade e rentabilidade das criações. Mas no mercado de trabalho, os dois profissionais sempre atuam juntos.

O crescimento da indústria alimentícia e do setor agropecuário são alguns dos fatores que têm alavancado o mercado de trabalho para o zootecnista. Os principais centros de atuação ainda são o Sudeste e Centro-Oeste. A região Sul, por sua vez, se destaca com a demanda por profissionais que atuem principalmente na suinocultura e avicultura. O salário médio para um profissional em início de carreira é de R$ R$3.732,00 para 6 horas diárias de trabalho, segundo o Sindicato dos Zootecnistas de Santa Catarina.

E olha que legal: o curso de Zootecnia da UTFPR conquistou 4 estrelas (em uma escala vai até 5) na última edição do Guia do Estudante, da Editora Abril.

Gostou do curso ou tem alguma dúvida? Qualquer coisa, é só comentar!