Feira de Carreiras Trajetória

Oportunidade para quem está de olho no mercado!

O Núcleo de Empresas Juniores da UFPR realiza nos dias 23 e 24 de março a Feira de Carreiras Trajetória. O evento tem como objetivo aproximar universidade e mercado de trabalho e ajudar os alunos a diminuir as incertezas sobre o que fazer após a faculdade – uma dúvida que afeta  todos ¯\_(ツ)_/¯

Nesta edição, o evento terá a presença de empresas, instituições de pesquisa e organizações do setor público e terceiro setor. O evento será realizado no Setor de Educação Profissional e Tecnológico, das 9h às 21h. A entrada é gratuita e aberta para todo o público.

Aparece por lá 😉

 

Equipe do Câmpus Curitiba é uma das vencedoras do Festival de Minifoguetes

A equipe de espaço-modelos do Câmpus Curitiba foi um dos grandes destaques da terceira edição do Festival de Minifoguetes da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A galera conquistou dois pódios: 1° lugar na categoria ‘Apogeu 50 m’ e 3° lugar na ‘Classe 1/2A’.

A equipe foi criada no final de 2014 e competiu no festival de 2015, com cinco membros e três projetos, alcançando a segunda colocação na categoria ‘Apogeu Máximo A’, com um alcance exato de 100 metros. Já na edição deste ano, que ocorreu no feriadão de Tiradentes, a equipe chegou com sete membros e oito minifoguetes para a disputa em quatro diferentes categorias.

equipe_ct_espaço_modelos

Equipe de minifoguetes do Câmpus Curitiba (Foto: Divulgação)

O processo de confecção dos minifoguetes ocorre em três etapas: projeto, construção e verificação. A etapa do projeto é feita por meio de um software de simulação e a construção é realizada em grande parte manualmente. “Com os minifoguetes já construídos, são verificados e recalculados diversos parâmetros, levando em conta fatores novos como imperfeições no processo de manufatura. Com isso, são feitos alguns ajustes finais para atingir um resultado aceitável”, explica Lawrence Samburgo, líder da equipe.

Futuramente, a equipe deseja otimizar as etapas de confecção dos minifoguetes. “A ideia é ampliar a equipe gradualmente para que seja possível competir em todas as categorias possíveis com um excelente desempenho e, em um futuro próximo, até competir internacionalmente”, completa Samburgo.

Essa UTF só arrasa, heim? 😉