Câmpus Dois Vizinhos conquista 1º e 2º lugares em hackathon de tecnologia assistiva

Dale, UTF! O Câmpus Dois Vizinhos conquistou os 1º e 2º lugares no Hackathon de Tecnologia Assistiva durante a 9ª Semana Empresarial Tecnológica de 2017, realizada entre os dias 19 e 20 de maio.

Integrantes da equipe vencedora durante a entrega da premiação (Foto: Divulgação)

Integrantes da equipe vencedora durante a entrega da premiação (Foto: Divulgação)

O Hackathon é um evento onde os participantes trabalham intensivamente durante várias horas seguidas em um determinado projeto de programação. Nesta edição, o evento teve como objetivo as tecnologias assistivas que buscam melhoria na qualidade de vida das pessoas com algum tipo de deficiência.

O primeiro lugar ficou com a equipe Pratix, composta pelos alunos de Engenharia de Software Bruno Russi Lautenschlager, Guilherme Guimarães da Cunha, Gabriel Paula de Souza, Reinaldo Fernandes e Fernando Lucas Gontijo.

A Pratix teve duas ideias desenvolvidas no evento. A primeira, foi criar uma plataforma web de exercícios que ajudassem pessoas com problemas cognitivos, ajudando na assimilação de significados e cores. Já a segunda, foi proposto o desenvolvimento de um protótipo de hardware que se baseia em um mouse estilo Atari para pessoas com dificuldades motoras.

Além da equipe vencedora ganhar consultoria de especialistas para a continuidade do projeto, ainda tiveram a oportunidade de compartilhar experiências na maratona. “Esses ambientes dão uma grande oportunidade para conhecer novas pessoas. O tema proposto pelos organizadores do hackathon foi super bem escolhido, pois abriu a nossa mente para dar mais atenção para esta grande parte da população mundial que possui algum tipo de limitação”, comenta Reinaldo Fernandes.

O segundo lugar da maratona também ficou com outra equipe de alunos de Engenharia de Software da UTF com o projeto “Tamaghost”, inspirado no brinquedo Tamagotchi.

A UTFPR é apoiadora da Semana Empresarial e Tecnológica de Dois Vizinhos, que une a 9ª Semana Empresarial da cidade e a 3ª Conferência Tecnológica do Sudoeste do Paraná (HUB).

Alunos de Pato Branco apresentam projetos de tecnologia assistiva

A aplicabilidade prática de um projeto é o sonho de todo pesquisador, não é mesmo? Pois olha só que legal! Alunos do Câmpus Pato Branco acabam de apresentar à comunidade alguns projetos desenvolvidos na área de tecnologia assistiva. São instrumentos e softwares que dão uma grande força para que tem algum tipo de deficiência.

 

Protótipo trike destinado aos cadeirantes

Protótipo trike destinado aos cadeirantes

O projeto do acadêmico Evaldo Augusto Bianchi, intitulado “Sistema para Controle de Frotas do Transporte Coletivo com Acessibilidade para Deficientes Visuais”, por exemplo, permite ao usuário de transporte coletivo receber em seu dispositivo móvel o endereço que o veículo adaptado se encontra. Outro software é o “Leitor Digital”, desenvolvido pelo aluno Thiago Martignoni, que, ao ser disposto sobre as linhas de um texto, interpreta e reproduz os sinais gráficos no formato de áudio. Prático, não?

Já o “Sistema de Auto Localização”, desenvolvido pela aluna Lidiane Furlan Lopes, tem a finalidade de fornecer a geolocalização exata do usuário em áudio. A partir das coordenadas dadas pelo dispositivo, uma pessoa cega, por exemplo,  pode chegar ao destino pretendido.

"Leitor Digital" interpreta os sinais gráficos e os emite no formato de áudio

“Leitor Digital” interpreta os sinais gráficos e os emite no formato de áudio

Além desses programas, também foram apresentados um sistema de auxílio à navegação com monitoramento e orientação remota, adaptado para o treinamento de atletas cegos em pista de atletismo; um protótipo trike (foto acima) destinado às pessoas cadeirantes ou com mobilidade reduzida dos membros inferiores; e um relógio falante acionado por comandos de voz.

Os protótipos apresentados utilizam o sistema operacional Android e serão disponibilizados gratuitamente através do Google Play.

VII Semana da Inclusão

A apresentação das pesquisas ocorreu durante VII Semana da Inclusão do Câmpus Pato Branco que, neste ano, teve como temática principal as tecnologias assistivas. Um dos momentos mais esperados do evento foi a participação do pós-graduado Cleverson Rossi, do Câmpus Dois Vizinhos. O egresso, que possui paralisia cerebral, contou um pouco da sua experiência  as dificuldades no dia a dia.

Semana da Inclusão no Câmpus Pato Branco, realizada entre os dias 08 e 10 de setembro

Semana da Inclusão no Câmpus Pato Branco, realizada entre os dias 08 e 10 de setembro

“O evento conseguiu evidenciar o tema tecnologia assistiva através do conceito das palestras e dos trabalhos realizados no Câmpus. Poucas pessoas conheciam essa área e com esse projeto elas podem se inserir, pois é de grande importância para a sociedade”, comenta Mirélia Flausino Vogel, da Comissão Organizadora da Semana.