Equipe da UTFPR conquista 3° lugar no Hackathon Sesi 2017

A UTFPR foi um dos destaques da edição 2017 do Hackathon Sesi, com o 3° lugar da competição \o/

A equipe composta pelo servidor Pedro Monteiro e pelo aluno Cleiton, do Câmpus Curitiba, trouxe indicadores de 2016 para criar um software de inteligência que identifica se o trabalhador está com alguma situação ergonômica inadequada, falta de EPI ou próximo a alguma estrutura que indique perigo. A notificação é em tempo real.

hackaton

Cleiton e Pedro, membros da equipe que conquistou o 3° lugar na competição (Foto: Divulgação)

Após 36 horas ininterruptas de competição, os jurados elegeram os melhores projetos de acordo com os seguintes critérios: impacto, viabilidade da implementação, inovação para o mercado, qualidade do produto, criatividade da ideia e aplicação na indústria, sendo este último o critério com maior peso.

Confira os dois primeiros colocados:

1° lugar –  aplicativo que permite ao trabalhador solicitar auxílio caso seja vítima de um acidente de trabalho. A plataforma serve para coleta de dados, aumento da produtividade e aproximação entre empresa e trabalhador.

2° lugar – aplicativo que libera ou proíbe o acesso do trabalhador no ambiente laboral de acordo com o uso de EPIs. Com isso, eles esperam que as empresas diminuam os gastos com indenizações ou processos trabalhistas. O software funciona com um sensor que emite um alerta.

Hackathon Sesi

A maratona de inovações tecnológicas foi realizada nos 24, 25 e 26 de março e reuniu estudantes e profissionais de diversas áreas com um mesmo objetivo: propor soluções para os principais desafios em segurança e saúde nas empresas.

 

Câmpus Dois Vizinhos coquista prêmio de sustentabilidade do Sesi-PR

Aqui na UTF logo a gente aprende que todo conhecimento deve ser compartilhado. É assim com galera do Câmpus Dois Vizinhos envolvida  no “Dois Vizinhos mais verde: programa de arborização participativa para a sustentabilidade urbana de Dois Vizinhos/PR”, que reúne experiências desenvolvidas para promoção da sustentabilidade socioambiental urbana.

Segundo a professora Flávia Brun, uma das coordenadoras do projeto, o objetivo era aplicar concretamente conhecimentos adquiridos as disciplinas de arborização urbana. “Com base em todo o arcabouço teórico recebido em sala de aula, os alunos realizam diagnósticos na área selecionada, reuniões com os empresários e entidades parceiras, bem como ouvem a população em geral que também é usuária dos espaços públicos e, posteriormente, desenvolvem todas as etapas de um projeto de arborização, contemplando os anseios e percepções dos diversos atores envolvidos no processo”, comenta.

Solenidade de entrega do prêmio na Fiep, em Curitiba (Foto: Divulgação/Fiep)

Solenidade de entrega do prêmio na Fiep, em Curitiba (Foto: Divulgação/Fiep)

O resultado é que galera levou para o Câmpus Prêmio SESI Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2016 na área de Prosperidade e cuidados com o Planeta, categoria instituição pública. A solenidade de premiação foi realizada no último dia 23 de novembro na sede da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em Curitiba.

Também participam do projeto a Associação Empresarial de Dois Vizinhos (ACEDV) e a Prefeitura Municipal.