Estudantes da UTFPR conquistam segundo lugar no Hackathon Paraná 2016

Os estudantes de engenharia do Câmpus Curitiba Diogo Knop e Leonardo de Angelis conquistaram o segundo lugar na Hackathon Paraná 2016, maratona de programação voltada para o desenvolvimento de soluções tecnológicas de interesse público. O evento foi realizado no último dia 9 e reuniu mais de 50 participantes durante as 36 horas ininterruptas de competição.

Diogo e Leonardo desenvolveram um aplicativo capaz de substituir o sistema de bilhetagem eletrônica do transporte público utilizado atualmente. Também faziam parte da equipe os acadêmicos Willian Teleginski (PUC-PR) e Igor Koubetch (UTP).

Os alunos Diogo Knop e Leonardo de Angelis, integrantes da equipe Mobi Dataminer (Foto: Cristiano Sousa)

Os alunos Diogo Knop e Leonardo de Angelis, integrantes da equipe Mobi Dataminer (Foto: Cristiano Sousa)

Segundo Diogo, o projeto também contribui mapear deslocamentos e demandas do transporte público, comparando-se à metodologia de pesquisas “origem-destino”, aplicada atualmente pelas prefeituras municipais. “Esses dados permitem segurança na definição de estratégias de mobilidade urbana e no planejamento do transporte para os anos seguintes”, afirma o estudante de Engenharia Eletrônica.

Outra funcionalidade é poder auxiliar no planejamento de políticas públicas para o setor. É o que destaca o Leonado, acadêmico de Engenharia Civil: “o aplicativo poderá fornecer informações precisas, para que os gestores públicos adequem o transporte de maneira eficiente, direcionando recursos para as linhas de ônibus com maior demanda, ou seja, proporcionando mais investimentos no setor e redução de custos”.

Hackathon Paraná

Lançado no mês de setembro no Câmpus Curitiba, o Hackathon Paraná 2016 tem como objetivo incentivar a criação de soluções inovadoras voltadas à gestão pública. A iniciativa do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano (Sedu), enfocou nas áreas de “Obras Públicas” e de “Transporte Público”.