Alunos conquistam prêmio com proposta de muro de LED na Cisjordânia

Ideias que iluminam. Os estudantes Caroline De Carli, de Arquitetura e Urbanismo, e João Pedro Lopes Andrade, de Engenharia Civil, foram premiados com o 3º lugar da CLUE Competition, concurso internacional de iluminação urbana, com o projeto Awallness, que faz uma crítica à construção do muro de separação na Cisjordânia, região central do conflito entre Palestina e Israel.

Projeto Awallness (Foto: Decom)

Projeto Awallness (Foto: Decom)

O objetivo do concurso era estimular os participantes a responderem, a partir dos projetos, como utilizar a iluminação pública para ir além de sua função tradicional e interagir com os sentidos humanos. E, assim, surgiu o Awallness. O nome faz uma combinação com as palavras awareness, “conscientização”, e wall, “muro”. A proposta era instalar painéis de LED nos dois lados da barreira construída na Cisjordânia, o que possibilitaria a visualização das pessoas que estão do outro lado. E mais: quando duas pessoas encostam no mesmo local de lados opostos do painel, um ponto vermelho aparece e um sensor permite que ambas se fale.

Esta foi a segunda vez que os alunos do Câmpus Curitiba (ah, e que também são namorados S2) participam desse tipo de competição. “A gente já vinha há algum tempo conversando a respeito da possibilidade de adentrar na área de concursos de arquitetura. Então eu pesquisei os que estavam acontecendo no momento, e esse nos pareceu o mais relevante; isso por levar em consideração a proposta do concurso”, comenta João Pedro.

Caroline De Carli e João Pedro Lopes Andrade, alunos do Câmpus Curitiba (Foto: Divulgação)

Caroline De Carli e João Pedro Lopes Andrade, alunos do Câmpus Curitiba (Foto: Divulgação)

Caroline explica que a inspiração para o desenvolvimento do projeto veio de edições anteriores do concurso, que já apresentavam trabalhos de cunho mais político: “Partimos da ideia de que precisávamos fazer algo que iria mexer com as pessoas; e, pelo feedback, conseguimos”.

O projeto competiu com outros 361, oriundos de 58 diferentes países, e foi o primeiro da América Latina a ser a premiado na competição. “Competir com profissionais que já possuem anos de experiência e desempenhar tão bem nos deixou com um sentimento de que temos muito a galgar nessa área ainda”, comemora João Pedro.

Parabéns, Caroline e João Pedro :)

Calouros de Engenharia Civil (Câmpus Pato Branco) realizam trote solidário em lar de idosos

Os calouros do curso de Engenharia Civil (Câmpus Pato Branco) realizaram neste mês de março mais uma edição do trote solidário no Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, na própria cidade de Pato Branco.

DSCN2431

As atividades foram realizadas no último dia 10 e contemplaram reparo e pitura de paredes da Instituição e confraternização entre jovens e idosos, com muita música e dança. Segundo o professor Gustavo Lacerda, que também acompanhou a galera, os alunos participaram de todas as atividades com muita alegria e disposição. “Há que se destacar o fortalecimento que o Centro Acadêmico tem tido a cada ano, e quando os alunos se sentem envolvidos com algum projeto, a participação é mais intensa”, comenta.

A ideia é realizar as atividades para os calouros de Civil de cada semestre letivo. Ainda segundo Lacerda, está sendo levantada a possibilidade de abrir atividade para novas instituições beneficentes que necessitem de pequenas intervenções de melhoria dos seus espaços físicos.

O legal é que a atividade movimenta não só alunos e professores da UTF, mas também a comunidade externa. Nesta edição, os materiais utilizados no trote solidário foram arrecadados junto a instituições e empresas de Pato Branco.

Confira um pouco do que rolou por lá:

Hora de dar uma caprichada no visual do Lar de Idosos 😉

DSCN2440

DSCN2433

DSCN2418


DSCN2457

Ouvir histórias é sempre uma boa forma de aprendizado 😉

DSCN2445

Solta o som aí, DJ!

DSCN2476

E, no fim, tudo termina com um bom lanche 😀

DSCN2461

 

 

 

 

 

UTFPR seleciona alunos para estudar engenharia civil em Portugal

A UTFPR está com inscrições abertas para o curso de engenharia civil no Instituto Politécnico de Bragança (IPB), na cidade de Bragança, Portugal. A ação faz parte do ‘Programa de Formação de Engenheiros Civis no IPB em parceria com a UTFPR’.

engenharia_civil_ipb

O Processo Seletivo é destinado exclusivamente a estudantes brasileiros com ensino médio completo e que tenham realizado as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015, 2014 ou 2013. O aluno selecionado e regularmente matriculado no IPB poderá, na fase final do curso, concluir a graduação em Engenharia Civil no Câmpus Campo Mourão da UTFPR, através do programa de dupla diplomação existente entre as instituições.

As inscrições são gratuitas e deverão ser efetuadas até 20 de julho, exclusivamente pela internet.  Ao todo, o edital oferece 20 vagas e as aulas estão previstas para iniciar já no próximo mês de setembro.

Acesse o portal do Câmpus Campo Mourão e consulte a íntegra do edital.

 

Empresa Jr. de construção civil recebe prêmio de excelência em gestão

Mais uma importante conquista para o movimento de empresas juniores da UTFPR! A Tetris, dos cursos de engenharia civil e arquitetura do Câmpus Curitiba, foi reconhecida pela Brasil Junior com o Programa de Excelência em Gestão (PEG), baseado no Modelo de Excelência em Gestão da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

tetris-03

A Tetris torna-se, assim, uma das poucas empresas juniores do Brasil a atingir o nível de “compromisso em excelência em gestão”. O PEG adota, em sua análise, os seguintes critérios: liderança, estratégia e planos, clientes, sociedade, informação e conhecimento, pessoas, processos, e resultados.

“O PEG é um prêmio que nos permite uma análise profunda e bem detalhada da gestão e dos resultados da nossa EJ [empresa júnior], isso acaba nos mostrando vários pontos fortes do nosso trabalho, bem como inúmeros pontos de melhoria. Ser reconhecido nacionalmente significa que, apesar das oportunidades de melhoria encontradas por nós mesmos, estamos no caminho certo e nosso trabalho está rendendo bons frutos!”, comenta o aluno de engenharia civil e atual presidente da Tetris Ronny Alison Yu.

Sobre a Tetris

A empresa júnior de Engenharia e Arquitetura do Câmpus Curitiba foi fundada em 2005 e trabalha com projetos arquitetônicos, topográficos, regularização de projetos na prefeitura, vistoria de obras e montagem de estruturas metálicas. E nessa história de 10 anos, a empresa já realizou mais de 75 projetos.

Parabéns, galera! 😉

IV Fórum Internacional 2015 ICities premia aluno de engenharia civil

A vida na cidade precisa cada vez mais de ideias inovadoras, não é mesmo?

E uma dessas ideias veio do aluno da UTF de engenharia civil Michel Jean Batista, que conquistou o 1° lugar do concurso cultural Uso do Automóvel na Cidade, promovido pela Prefeitura de Curitiba dento do IV Fórum Internacional 2015 ICities.

Prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e o primeiro lugar Michel Jean Batista. Foto: Everson Bressan/SMCS

O prefeito de Curitiba Gustavo Fruet e o primeiro lugar Michel Jean Batista. Foto: Everson Bressan/SMCS

O projeto de Michel prevê um sistema de compartilhamento de carros, scooters e bicicletas elétricas. “Esse tipo de iniciativa ajuda a agregar opiniões de toda a comunidade e faz com que ela faça parte do desenvolvimento da cidade”, comenta o aluno do Câmpus Curitiba ao ressaltar que desde o início do concurso pensou em apresentar uma proposta que fosse relacionada às políticas adotadas por Curitiba.

Como prêmio, Michel fará uma viagem de quatro dias para o Centro de Mobilidade do Instituto Renault, na França, com agenda específica para conhecimento dos projetos na área de mobilidade.

O evento de premiação foi realizado na última quinta, dia 3, no Salão de Atos do Parque Barigui.

Organizadores do evento e autores dos projetos premiados. Foto: Everson Bressan/SMCS

Organizadores do evento e autores dos projetos premiados. Foto: Everson Bressan/SMCS

Em segundo e em terceiro lugares, ficaram, respectivamente, o projeto de planejamento paramétrico via TIC para mobilidade urbana de Curitiba e um projeto que propõe a implantação de estacionamentos e área de lazer em plataformas acima dos terminais de ônibus da capital.

O concurso complementa as atividades do seminário Uso do Automóvel na Cidade, realizado pela Prefeitura de Curitiba em abril deste ano. Uma nova edição já está sendo planejada para 2017 para continuar debatendo o tema mobilidade.