Levanta a mão quem tem os melhores cursos do Brasil! o/

Sim, a UTF se consolida a cada dia como um das melhores universidades brasileiras!

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) dos cursos de Química e Engenharia de Computação (Câmpus Curitiba), recentemente divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), ficou em 5 – a nota máxima em uma escala que vai de 1 a 5.

Ou seja, esses dois cursos estão entre os melhores ofertados em todo o Brasil!

E tem mais. Diversos outros cursos da UTF também obtiveram ótimos conceitos nessa avaliação. Confere aí:

info_cursos_enade_blog_do_aluno

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é calculado calculado no ano seguinte ao da realização do Enade com base na avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos.

Ah, é muito orgulho de toda essa galera! 😀

 

Ausente do Enade pode apresentar recurso a partir de quarta-feira

Os estudantes habilitados que não compareceram ao Exame Nacional de Desempenho do Estudante (Enade) de 2014 e tiveram o pedido de dispensa indeferido pela instituição na qual estudam têm mais uma chance de obter a dispensa. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai receber pedidos de dispensa a partir desta quarta-feira, 4, até o dia 17 próximo, exclusivamente pela internet.

O pedido deve conter declaração original de aluno regular e habilitado ao exame, comprovada por meio de assinatura do responsável na instituição de ensino. O documento estará disponível on-line para preenchimento e impressão. Também será necessário apresentar cópia autenticada ou original do documento comprobatório do impedimento da participação. Apresentados os documentos, o sistema vai gerar um número de protocolo de registro de preenchimento e retirada, o qual deve ser usado pelo estudante para acompanhar o processo.

Os critérios para deferimento de dispensa, como acidente, luto e problemas de saúde, constam do anexo da Portaria do Inep nº 584, de 3 de dezembro de 2014. O estudante que permanecer em situação irregular deve ser inscrito para o próximo exame. A lista completa dos dispensados será divulgada no portal do Inep em data a ser divulgada.

Criado em 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O objetivo do exame é aferir o rendimento dos estudantes dos cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, suas habilidades e competências. As provas da edição de 2014 foram aplicadas em 23 de novembro. Estavam inscritos 483.520 estudantes. O índice de abstenção foi de 17,9%.

Os pedidos de dispensa devem ser apresentados na página do Enade na internet.

Fonte: Assessoria de Comunicação/ Inep

Estudante que deixou de fazer o exame pode pedir dispensa

Os estudantes que deixaram de comparecer ao Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), aplicado em 23 de novembro, podem pedir dispensa da avaliação. As regras para apresentar o pedido constam na portaria nº 584, publicada nesta quinta-feira, 4, no Diário Oficial da União.

O pedido deve ser apresentado, com a justificativa da ausência, à instituição de educação superior na qual o estudante está matriculado. Em caso de deferimento, o coordenador do curso registrará a situação em sistema on-line específico, no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre 17 de dezembro de 2014 e 30 de janeiro de 2015.

O participante que tiver o pedido indeferido pela instituição apesar da ausência por motivo de saúde, mobilidade acadêmica ou outro impedimento relevante de caráter pessoal, pode pedir a dispensa diretamente ao Inep, de 4 a 17 de fevereiro de 2015. Nesse caso, terá de apresentar requerimento de dispensa; declaração original de aluno regular e habilitado ao exame de 2014, comprovada por assinatura do responsável na instituição; original ou cópia autenticada do documento comprobatório do impedimento para a participação. Os dois primeiros documentos estarão disponíveis no portal do Inep.

É importante lembrar que, de acordo com o parágrafo 3º do artigo 11º da Portaria nº 8, de 14 de março de 2014, aqueles que não preencheram o questionário do estudante estão em situação irregular junto ao Enade 2014. A situação desses inscritos deve ser regularizada por sua instituição na edição de 2015 do exame.

O Enade, organizado pelo Inep, contou com 483.520 inscritos. O índice de abstenção foi de 17,9%.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do Inep