Inscrições para o Hotel Tecnológico

Porque é na Universidade que surgem e amadurecem grandes ideias 😉

Três câmpus da UTFPR estão com editais abertos para a seleção de projetos para o Hotel Tecnológico. A ideia é estimular e fomentar a criação de empresas a partir de um ambiente que possibilite a concretização de ideias em negócios, caracterizados pela aplicação tecnológica.

No Câmpus Francisco Beltrão, são ofertadas duas vagas para pré-incubação, cujas propostas se enquadrem em uma das seguintes áreas: Informática, Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos e Engenharia Química. As inscrições devem ser feitas até 17 de agosto. Os projetos selecionados poderão usufruir da infraestrutura do Hotel Tecnológico por até 12 meses, além de receberem consultorias em empreendedorismo, capital, mercado, tecnologia e gestão. Para conferir todas as regras, é só dá um confere no Edital de Seleção e no Edital de Chamada Pública.

Já no Câmpus Toledo, a chamada pública visa selecionar uma proposta de negócio que trabalhe em uma das seguintes áreas: Engenharia Eletrônica, Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, Tecnologia em Sistemas para Internet, Tecnologia em Processos Químicos e Licenciatura em Matemática. As inscrições devem ser feitas até 11 de agosto. A equipe poderá conter no mínimo um e no máximo cinco pessoas, não necessariamente do mesmo curso, sob orientação de um servidor da UTFPR. As demais regras estão disponíveis aqui.

O Câmpus Pato Branco, por sua vez, realiza sua seleção no formato de fluxo contínuo. As vagas são limitadas em até 10 projetos em regime pré-incubação no Hotel Tecnológico e até 10 para empresas incubadas na modalidade residente e não residente na Incubadora de Inovações Tecnológica (IUT). Tanto no Hotel quanto na Incubadora, são disponibilizadas infraestrutura e consultoria. Para saber mais, é só acessar o edital normativo da seleção.

 

 

 

O edital visa selecionar as propostas de estudantes da UTFPR e da comunidade externa, com cunho inovador para a pré-incubação no Hotel Tecnológico e para incubação na Incubadora de Inovações Tecnológica. É a oportunidade perfeita dos empreendedores que possuem uma ideia transformá-la em um negócio.

Segundo o Professor Marcio Gazolla, “no Hotel Tecnológico a ideia é selecionar projetos para pré-incubação que possuam ideias empreendedoras da comunidade acadêmica da UTFPR, por exemplo, um aluno que está desenvolvendo um projeto de pesquisa junto ao seu orientador que gera um produto ou serviço diferenciado ou mesmo um trabalho de conclusão de curso que possua alguma inovação embutida que possa se tornar uma empresa no futuro,” destaca o professor, também Chefe Responsável pelo Departamento de Apoio a Projetos Tecnológicos.

As vagas são limitadas em até dez projetos em regime pré-incubação no HT e até 10 para empresas incubadas na modalidade residente e não residente na Incubadora de Inovações Tecnológica (IUT). Tanto no HT quanto na IUT, é oferecida infraestrutura de uso compartilhado, mas que os empreendedores desenvolvam individualmente e trabalhando em conjunto.

Quem deseja submeter seu projeto deve entregar a documentação física necessária, conforme edital, na Diretoria de Relações Empresariais e Comunitárias do Câmpus! Tire seu projeto do papel e aplique o seu negócio!

Câmpus Cornélio Procópio desenvolve aplicativo com glossário de biologia para alunos surdos

Tecnologia e acessibilidade. O Grupo de Pesquisa em Estudos sobre a Pequena Empresa e o Empreendedorismo do Câmpus Cornélio Procópio desenvolveu um aplicativo com o objetivo de atender a necessidade de acesso aos conteúdos científico-biológicos para alunos surdos do ensino médio, o Glossário de Biologia em Libras (GlossLibras).

00459_app_glosslibras_2707836661718442869

Elaborado a partir de uma pesquisa de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Sociais e da Natureza (Câmpus Londrina), de autoria do aluno Julio César Correia, o aplicativo disponibiliza uma série de termos da área das ciências biológicas com as respectivas representações na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A opção de difusão do glossário via aplicativo visa atender um número maior de interessados e contribuir para a assimilação dos sinais. Segundo o professor Jair de Oliveira, coordenador-geral do projeto, o acesso móvel facilita o processo de aprendizado dos alunos, a transmissão dos conhecimentos por parte dos professores e também a tradução dos sinais pelos interpretes. “Espera-se, com esta ação, atender uma demanda latente de mecanismos de apoio para o ensino de biologia no ambiente escolar”, comenta Jair.

O projeto também contou com apoio do Programa de Bolsas para o Desenvolvimento de Recursos Educacionais Aberto, do Programa de Bolsas de Fomento às Ações de Graduação da UTFPR.

O aplicativo está disponível para aparelhos com sistema android e o download pode ser feito gratuitamente.

Empresa incubada celebra primeiro contrato de fornecimento de energia solar

E, sim, a incubadora da UTFPR é um lugar para construir grandes projetos!

A Tecnoger, empresa da Incubadora de Inovações Tecnológicas do Câmpus Cornélio Procópio, acaba de celebrar seu primeiro contrato para fornecimento de gerador fotovoltaico conectado à rede de distribuição da Copel, estatal paranaense de distribuição de energia elétrica.

E o resultado foi bem positivo. Durante o período de 21 dias de funcionamento do gerador, houve uma redução de 76 kWh no consumo de energia elétrica, em relação ao mês anterior, e uma compensação energética de 208 kWh, o que reduziu quase R$ 190 na fatura do cliente. Além disso, o consumidor acumulou 89 kWh de crédito para uso dentro de 60 meses junto à distribuidora.

Instalação residencial realizada em Cornélio Procópio, PR (Foto: Divulgação)

Instalação residencial realizada em Cornélio Procópio, PR (Foto: Divulgação)

A Tecnoger Energia Solar é especializada em soluções para geração de energia solar e tem como objetivo fornecer uma fonte limpa, renovável e inesgotável de energia para as cidades do Norte do Paraná.

Acompanhe aqui as atividades da empresa.

Equipe do Câmpus Medianeira vence competição nacional de eficiência energética

Equipe a todo gás, ou melhor, gasolina!

A Equipe Pé Vermelho Racing Team, formada por alunos da UTF de Medianeira, conquistou o primeiro lugar na categoria ‘gasolina’ na Shell Eco-Marathon Brasil 2016, competição nacional que contou com a participação de 36 equipes no Kartódromo Granja Viana, em São Paulo.

14947711_1797520373840529_7476876881548362270_n

A equipe, formada por alunos de Engenharia Elétrica e  Engenharia de Produção, trabalhou durante dois anos para desenvolver o protótipo. O veículo utiliza um motor adaptado de uma Honda, com chassi de alumínio naval. A marca que resultou no prêmio foi o alcance de 190,2 km/l de gasolina.

O objetivo da Shell Eco-Marathon Brasil é desafiar estudantes de todo o mundo a projetarem, construírem e pilotarem veículos eficientes em termos de energia. A etapa nacional foi realizada no início de novembro

A Pé Vermelho Racing Team embarca agora para Detroit, nos Estados Unidos, em abril de 2017.