Alunos de comunicação recebem prêmio em evento científico nacional

Os alunos do curso de Comunicação receberam duas premiações no congresso nacional do Intercom 2016. Os trabalhos premiados foram o ‘Planejamento Estratégico para Escolas Públicas da Rede Municipal de Curitiba, Dê um Level Up na sua Vida’ e ‘Planejamento Estratégico de Comunicação Integrada: Caminho do Chá’. Além das premiações, o curso também apresentou o trabalho ‘A Questão de Gênero na Escola Eetratada por Storyboard em Aquarela’. O Congresso foi realizado entre os dias 3 e 9 de setembro, na Universidade de São Paulo (USP).

Equipe vencedora do Intecom 2016, categoria 'Planejamento Estratégico em Relações Públicas'

Equipe vencedora do Intecom 2016, categoria ‘Planejamento Estratégico em Relações Públicas’

Líder do trabalho ‘Dê um Level Up na sua vida’, Adam Weber, comenta que o projeto nasceu a partir de uma atividade interdisciplinar na qual a temática evidenciava a importância do planejamento de vida desde os primeiros anos escolares, para amenizar problemas de desmotivação e descontinuidade da aprendizagem. Focado no aluno como ponto-alvo, o trabalho busca proximidade com o público por meio de um conceito de gamificação, com uma linguagem simples e educativa, mas ao mesmo tempo atual e interativa. Um aplicativo para celulares de game e uma plataforma física de jogo de tabuleiro sustentam a proposta.

“O objetivo é que, com a escola como base de conhecimento e ponto de partida para uma aventura interativa, o aluno seja capaz de realizar suas escolhas e decidir o seu próprio futuro”, comenta Weber, aluno do sexto período de Comunicação Organizacional. O trabalho foi premiado na categoria ‘Planejamento Estratégico de Relações Públicas’.

Além disso, Weber conta que a experiência foi enriquecedora para todo o grupo, uma vez que os integrantes tiveram a oportunidade de conhecer pessoas de outras regiões e seus projetos na área de comunicação. “Suas visões, realidades e particularidades culturais contribuíram imensamente, agregando não apenas ao nosso projeto como um todo, mas ao individual de cada integrante da equipe. E receber o prêmio nacional é o reconhecimento do valor inestimável do projeto e da dedicação que temos por ele”, completa.

Os três trabalhos já haviam sido apresentados e também premiados na etapa regional do Congresso. No evento, são debatidos tópicos de jornalismo, relações públicas, publicidade, rádio, televisão, cinema, produção editorial e de conteúdo para mídias digitais e políticas públicas de Comunicação.

Estudantes de Comunicação doam livros para instituições de Curitiba

E olha só como os projetos dos cursos podem se transformar em atitudes muito bacanas!

Na última semana, os estudantes de Comunicação do Câmpus Curitiba realizaram uma doação de livros para o Pequeno Príncipe, o Pequeno Cotolengo e as Tubotecas da cidade. A ação proposta foi apresentada à disciplina de Gestão de Projetos e visava dar aos livros esquecidos um novo rumo, para que eles fossem novamente aproveitados.

O projeto recebeu o nome de “Entrelivros” e convidou alunos, servidores e professores a doarem livros que não eram mais utilizados. Quem desejava levar para casa algum exemplar só precisava deixar outro para a doação.

13499876_1300857003265709_1474801655_o

Projeto de alunos de Comunicação arrecadou cerca de 500 livros em dois dias

Sem restrição de conteúdo para os gêneros dos livros, a coleta foi realizada em dois dias (23 e 24/06) e a meta, inicialmente de 200 livros, rapidamente atingiu o número de 500 obras recebidas.

Um dos criadores do projeto, Marcio Tamura, contou que a proposta era fazer alguma intervenção dentro da Universidade. Quando a equipe decidiu o tema, a ideia foi promover a doação de livros e, ao mesmo tempo, estimular a leitura de todos que tivessem contato com o trabalho.

Bela iniciativa, galera! 😉

Oportunidade de estágio no Departamento de Comunicação da UTFPR

O Departamento de Comunicação da UTFPR, órgão ligado à Reitoria da Universidade, está seleção aberta para estágio na área de comunicação. Como requisito, é preciso que o aluno esteja cursando a partir do 3° período dos cursos de Comunicação Organizacional ou Institucional.

00121_selecao_estagiario_02_8412234065441511468

Os interessados devem enviar currículo para o e-mail: decom@utfpr.edu.br

 

Alunos de Comunicação fazem manifestações criativas em Curitiba

Os alunos do curso de Comunicação Organizacional, motivados pela professora Anuschka Lemos, foram desafiados a desenvolver manifestações criativas pela cidade de Curitiba. O projeto, intitulado “NA/DA” (Comunicação NA Cidade / Comunicação DA Cidade), reuniu manifestações inéditas e releituras, que você confere a seguir:

Curativos Urbanos

O que você faria com uma câmera e band-aids gigantes? Os alunos Fábio Ladeira e Allana Barzick, inspirados em um já solidificado projeto paulista, trouxeram para Curitiba o Curativos Urbanos.

Criado por designers e publicitários de São Paulo, o Curativos Urbanos teve sua primeira intervenção na Avenida Paulista, em 2012, e já foi estendido para o Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia e até Itália. Confira abaixo a versão Curitibana, realizada por nossos alunos:

Curitiba para Você

Outra iniciativa, dessa vez de Adam Weber e Willian Saizak, foi o Curitiba para Você: uma página com fotografias de pontos turísticos da cidade engarrafados. A fotografia do Jardim Botânico, que faz parte da manifestação, já recebeu mais de sete mil curtidas.

Jardim Botânico – Adam Weber e Willian Saizak

O Lado B da Selfie:

A palavra “selfie”, que significa autorretrato, foi considerada a palavra do ano de 2013. Tendo em vista a popularidade desse tipo de fotografia, o projeto O Lado B da Selfie surgiu.

Gabriel Campos e Mariana Hadano, que conduziram a iniciativa, explicam: “a proposta do projeto é tirar o ‘ego’ do ‘ego-shot’ e colocar em evidência quem passa despercebido num cotidiano de olhares mirados em smartphones. A selfie tem um lado B. Vire o disco.”

Confira algumas fotos do projeto e acesse a página no facebook.

Gabriel Campos e Mariana Hadano para o Lado B da Selfie

O que Curitiba lhe fala?

Diante do desafio de expor a comunicação da capital paranaense, Walfrit Schreiner e Yasmin Santana preferiram estender o questionamento da professora para os cidadãos curitibanos, perguntando como eles enxergavam e entendiam a cidade.

“Acho importante que no ambiente acadêmico tenhamos tarefas assim, pois não somos universitários apenas quando estamos em sala de aula, somos universitários em meio à sociedade”, comenta Schreiner.

saudade – a árvore da vida

Diante da Capela Vaticano, na rua Hugo Simas, atrás do Cemitério Municipal de Curitiba, eles plantaram sentimentos de toda uma vida. A saudade foi revelada através da vida. Da árvore da vida. E os frutos que colhemos dessa árvore deixam de apenas doer, para ressignificar.”

Essa é a descrição do vídeo experimental “saudade – a árvore da vida”, de Kelly de Castro e Hellen Ramalho. As alunas apresentaram a árvore localizada na Capela Vaticano, onde familiares de quem já se foi deixam mensagens para seus entes queridos.