Cursos da UTF são avaliados com 5 estrelas pelo Guia do Estudante

Ótima notícia, galera!

O Guia do Estudante, publicado anualmente pela Editora Abril, avaliou com cinco estrelas três cursos do Câmpus Curitiba: Engenharia Civil, Engenharia da Computação, e Sistemas de Informação. Isso significa que essas graduações atingiram o grau de excelência e estão entre as melhores do Brasil.

A avaliação faz parte do ranking Melhores Universidades do Guia, que atribui cinco estrelas para os cursos considerados ‘excelentes’, quatro estrelas para os cursos considerados ‘muito bons’ e três estrelas para os cursos considerados ‘bons’.

Foram considerados ‘muito bons’ os seguintes cursos: Design (Curitiba), Engenharia Elétrica (Elétrica), Engenharia Eletrônica (Curitiba), Engenharia Mecânica (Curitiba), Química (Curitiba), Zootecnia (Dois Vizinhos), Engenharia Ambiental e Sanitária (Londrina), Agronomia (Pato Branco), Engenharia Mecânica (Pato Branco), Química (Pato Branco), Ciência da Computação (Ponta Grossa), Engenharia Eletrônica (Ponta Grossa) e Engenharia Mecânica (Ponta Grossa).

Parabéns, pessoal! Estamos orgulhosos! <3

Avaliação do docente pelo discente – 2016.2

Sim, você pode ajudar a melhorar a qualidade do ensino da UTF! Olha só:

Já está disponível para todos os câmpus a avaliação dos professores pelos alunos. O processo deve ser feito no Portal do Aluno e os estudantes podem avaliar as atividades desenvolvidas pelos docentes durante todo o semestre letivo, julgando os seguintes quesitos: conteúdo, didática, planejamento, avaliações e relacionamentos. Ah, também há espaço para deixar comentários gerais, com críticas ou elogios, sobre o professor.

As avaliações ficam abertas até o dia 29 de novembro em todos os câmpus, com exceção do Câmpus Dois Vizinhos, que terá o encerramento no próximo dia 20. A visualização do resultado estará disponível no dia 20 de dezembro.

Para avaliar, é necessário acessar o portal do aluno do respectivo câmpus e clicar no ícone ‘Avaliação do Professor’. Em seguida, será aberta uma página com informações sobre a avaliação e, logo depois, a avaliação por disciplina cursada.

A participação de todos os alunos é importante para que seja obtido um parâmetro geral das disciplinas.

E pode ficar de boa, a avaliação é sigilosa, inclusive quanto ao conteúdo dos comentários.

Avaliação do docente pelo discente

Como melhorar o ensino da UTF? A resposta é simples: ouvindo vocês, nossos alunos!

Pois é, está disponível para a galera de todos os câmpus a avaliação semestral dos professores. Lá, é possível avaliar as atividades desenvolvidas durante o semestre, julgando os quesitos: conteúdo, didática, planejamento, avaliações e relacionamento. Ah, também há um espaço para comentários sobre o andamento da disciplina. As avaliações ficam abertas até 23 de junho.

Para realizar a avaliação, é preciso acessar o portal do aluno do respectivo câmpus e clicar no ícone “Avaliação do Professor”. A partir daí, abrirá uma página explicando como funciona a avaliação e, em seguida, uma nova com as matérias cursadas no atual semestre. Ao escolher a disciplina para avaliação, será possível atribuir estrelas, em uma escala crescente de 1 a 5, indicando a qualidade do professor em cada quesito.

Lembrando que este instrumento só tem efeito se todos participarem. No semestre 2015.2, 44% dos alunos realizaram a avaliação. Ou seja, podemos aumentar esse índice ainda mais 😉

Sobre a avaliação

A avaliação do docente pelo discente foi pensada para proporcionar aos alunos a participação efetiva na busca pela excelência do ensino e, aos professores, os retornos esperados e muitas vezes necessários ao bom andamento de suas práticas didático-pedagógicas. O processo é conduzido por uma Comissão Própria de Avaliação, responsável pelo sigilo total das informações.

Levanta a mão quem tem os melhores cursos do Brasil! o/

Sim, a UTF se consolida a cada dia como um das melhores universidades brasileiras!

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) dos cursos de Química e Engenharia de Computação (Câmpus Curitiba), recentemente divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), ficou em 5 – a nota máxima em uma escala que vai de 1 a 5.

Ou seja, esses dois cursos estão entre os melhores ofertados em todo o Brasil!

E tem mais. Diversos outros cursos da UTF também obtiveram ótimos conceitos nessa avaliação. Confere aí:

info_cursos_enade_blog_do_aluno

O Conceito Preliminar de Curso (CPC) é calculado calculado no ano seguinte ao da realização do Enade com base na avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos.

Ah, é muito orgulho de toda essa galera! 😀

 

Inscritos no Enad têm até o dia 21 para conferir os dados

Os alunos da UTFPR inscritos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2015 podem verificar, até 21 de agosto, os dados cadastrados pela Universidade junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo realização do exame. As informações estão acessíveis na própria página do Inep. O estudante deve conferir os dados e, se achar necessário, pedir retificação diretamente às respectivas coordenações de curso.

Neste ano, participarão das provas concluintes de cursos que conferem diploma de bacharel em administração, administração pública, ciências contábeis, ciências econômicas, jornalismo, publicidade e propaganda, design, direito, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, teologia e turismo. Também serão avaliados os que conferem diploma de tecnólogo em comércio exterior, design de interiores, design de moda, design gráfico, gastronomia, gestão comercial, gestão de qualidade, gestão de recursos humanos, gestão financeira, gestão pública, logística, marketing e processos gerenciais.

Criado em 2004, o Enade integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). O exame afere o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação ao conteúdo programático, suas habilidades e competência. É obrigatório para os selecionados e condição indispensável para a emissão do histórico escolar. As provas devem ser aplicadas no dia 22 de novembro.