Projeto AlimentaCão

Olha aí uma ideia boa pra cachorro!

O Câmpus Medianeira lançou no último mês de abril um projeto com o objetivo de ajudar cães de rua que circulam pela Universidade. Criado por alunos voluntários, uma das ideias do AlimentaCão foi adaptar um banco com água e ração para os animais se alimentarem em um lugar específico, diminuindo a circulação deles nos ambientes internos da UTF.

13140628_10154117202007487_806381080_n

Banco adaptado com dispositivo que fornece água e ração para os dogs (Foto: Divulgação)

O Projeto atua em duas frentes. No Gerenciamento, o AlimentaCão foca na distribuição de água e ração, por meio de um dispositivo instalado no banco, e na castração com o objetivo de diminuir a reprodução dos dogs. Já na Conscientização, a comunidade é orientada sobre os problemas causados pela prática do abandono dos bichinhos.

“Este projeto não traz apenas bem estar aos animais, pois estende-se para o âmbito da saúde, segurança pública e bem estar socioambiental de toda a comunidade”, comenta o aluno de Engenharia de Produção Étore de Larmelina, um dos coordenadores do AlimentaCão.

13140559_10154117200807487_1413685427_n

Os resultados já começaram a aparecer: o número de voluntários dobrou e há diversas entidades interessadas em ajudar o projeto com patrocínio, doação ou apoio. “Estamos muito felizes em conseguir atingir um número tão grande de pessoas dispostas a fazer o bem de uma maneira diferente do convencional”, completa Larmelina. Atualmente, os recursos utilizados são provenientes de ações de arrecadação e parcerias, sendo o Diretório Central dos Estudantes do Câmpus Medieira (DCE) o maior parceiro.

Que linda iniciativa! Parabéns, galera 😉

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Email

6 thoughts on “Projeto AlimentaCão

  1. Olha que iniciativa bacana do pessoal da UTFPR para alimentar e matar a sede dos cães que aparecem no campus! PROJETO DEVIA SER COPIADO, é simples, de baixo custo e minimiza o sofrimento dos animais! PARABÉNS!!!!

  2. Achei bem legal o projeto e com ótima intenção! O design ainda ficou muito agradável.
    Só não acho que isso seria viável na prática, pois a ração também poderia servir de alimento para animais indesejados como ratos, pombos, etc. Eu tenho este problema na minha casa.
    Além disso, o fato destes diversos animais se alimentarem no mesmo recipiente poderia favorecer a disseminação de algumas doenças.
    Mas, de qualquer forma, esse é um problema que deve ser contornado de alguma forma. Não acho que o projeto não tenha futuro.
    Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *