Lançamento do foguete UTF em 3, 2, 1…

Imagine lançar um foguete após três meses de trabalho? Foi isso o que fizeram cinco alunos de engenharia do Câmpus Curitiba da UTFPR, Andressa Carolinne del Monego (Elétrica), Carlos Kruppa, Lawrence Miers Samburgo, Pedro Murilo Souza de Quadros e Valquiria Yurie (Mecânica).

Em pouco tempo, o grupo se reuniu e conseguiu projetar três espaçomodelos para participar do II Festival de Minifoguetes de Curitiba, realizado no mês abril. Dois dos espaçomodelos ficaram com a segunda colocação nas categorias Classe A e Apogeu 100 metros.

Pedro conta que o grupo queria realizar um projeto em nome da Instituição, que pudesse ser melhorado constantemente pelos futuros alunos, assim como os projetos Aerodesign e Baja. “Também temos a vontade de promover o crescimento pessoal e o aprendizado de coisas novas”, diz. A equipe pretende fazer mais lançamentos neste ano para melhorar a confiabilidade e a estabilidade dos espaçomodelos.

O trabalho dos alunos busca trazer para a realidade o comportamento que é projetado virtualmente. “Usamos um software que faz a simulação do lançamento dos foguetes e que também altera o comprimento do corpo, a dimensão das empenas, o formato do nariz e outros detalhes do foguete”, conta Pedro.

A ideia é que futuramente haja uma rampa de lançamento, um sistema de ignição e uma célula de carga para medir a força de motores e para fazer classificações. Pedro explica “Ainda é um projeto pequeno, que queremos deixar como um legado para a UTFPR”.

Gostou? A equipe recruta novos integrantes. Para saber mais, acesse a página do grupo no Facebook.

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *