UTFPR e o Mercado de Trabalho – Engenharia de Produção

Chegamos ao último post do ano da série “UTFPR e o Mercado de Trabalho”. O destaque de hoje é um curso multidisciplinar que vem conquistando bastante espaço no mercado de trabalho: a Engenharia de Produção. Os engenheiros com essa formação têm como objetivos principais melhorar a produtividade em processos e operações e garantir a qualidade tanto do produto ou serviço como do ambiente de trabalho dos funcionários das organizações.

A formação do Engenheiro de Produção inclui estudos sobre diversas áreas do conhecimento, tais como: administração, economia, sociologia, ciências ambientais, psicologia, matemática e computação.  Devido essa formação multidisciplinar, o mercado de trabalho para o engenheiro de produção é amplo, sendo possível atuar nas áreas de finanças, produção, recursos humanos, comercial, entre outras.

A remuneração em início de carreira é bem variável, mas gira em torno de R$ 3 a R$ 5 mil. “Há grandes chances de que o engenheiro de produção desenvolva atividades de coordenação, chefia e gerência de departamentos, projetos e/ou unidades produtivas. Nestes casos, os ganhos salariais aumentam substancialmente e passam facilmente dos R$ 10 mil”, comenta o professor Daniel Poletto Tesser, coordenador do curso em Ponta Grossa.

Na UTFPR, o curso de Engenharia de Produção tem 5 anos de duração e é ofertado nos Câmpus Ponta Grossa e Medianeira. O processo de seleção é feito exclusivamente pelo Sisu, que utiliza como critério as notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Gostou da variedade de campos de atuação desse profissional? Comente!

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *