Ciência sem Fronteiras – Canadá

Com expectativa de ser a escolha de 7 mil brasileiros até janeiro, o Canadá é o segundo maior parceiro do programa Ciência sem Fronteiras. O país que recebe mais 265.000 alunos internacionais por ano oferece instituições de ensino de qualidade, forte investimento em pesquisas e possibilidade de estudo em francês ou inglês.

No último dia 15 de outubro, foram abertos novos editais do Programa e o Canadá está entre os 17 países com possibilidade de intercâmbio. As inscrições para a chamada de graduação-sanduíche podem ser feitas até 29 de novembro. Nesse tipo de graduação, o aluno começa e termina o curso no Brasil, mas passa um período de até 18 meses no Canadá para aperfeiçoamento de seu conhecimento.

As chamadas serão para universidades vinculadas ao CBIE (The Canadian Bureau for International Education) ou ao consórcio CALDO (Consórcio das Universidades de Alberta, Laval, Dalhousie e Ottawa). Essas instituições assinaram acordos com o Governo Brasileiro para receberem estudantes em programas que incluem até três componentes – formação em línguas (inglês ou francês), estudos acadêmicos ou de pesquisa em uma instituição canadense e estágios em laboratórios de pesquisa ou no setor privado.

Pra se animar ainda mais com essa aventura, confira o depoimento da aluna de Engenharia de Produção do Câmpus Medianeira, Deize Mazzaroba, que embarcou para o Canadá em uma das primeiras chamadas do CsF.

Para mais informações, acesse o site do Ciência Sem Fronteiras!

Compartilhe

  • Facebook
  • Twitter
  • Email

One thought on “Ciência sem Fronteiras – Canadá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *