Não foi aprovado na primeira chamada? Corre para se inscrever na Lista de Espera

00899_campanha_sisu_2019_lista_de_espera_banner_1692237633267604596

Você foi acessar o resultado da primeira chamada do Sisu para a UTFPR e seu nome não estava lá? Calma! Ainda há chance!

Você pode se inscrever na Lista de Espera do Sistema, diretamente no site do Sisu. Ufa!!!

Corre lá, pois o prazo para se inscrever termina às 23h59 do dia 05 de fevereiro!

Mas fique ligado que temos algumas novidades:

O candidato que foi selecionado na chamada regular na primeira ou segunda opção, não poderá participar da Lista. E os que não foram aprovados, podem escolher a primeira ou segunda opção para concorrem à Lista de Espera.

Como participar?

Para continuar concorrendo a uma vaga na UTFPR, o candidato deve acessar o sistema, entrar em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu.

Ao finalizar a inscrição, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação.

Depois disso é só torcer!!!

Resultado (Cruzando os dedos!!!)

A lista de espera será publicada no dia 11 de fevereiro e a segunda chamada do Sisu, a qual selecionará candidatos desta lista, deve ocorrer no dia 13.

Atenção!! Após a publicação da Lista de Espera, os resultados das chamadas serão publicados exclusivamente no site da UTFPR

Saiu a 1ª chamada da UTFPR!

banner sisu 2019 1 matrículas

Já encontrou lá no site do Sisu o seu nome na lista de convocados da UTFPR? Então, prepare toda a documentação para fazer a matrícula nos dias 30 e 31 de janeiro e 1 e 4 de fevereiro.

Você tem que ir presencialmente ou pedir a alguém para fazer a entrega dos documentos, sem precisar de procuração, no Departamento de Registros Acadêmicos (Derac) dos câmpus. Mas fique atento às datas! Não serão aceitos documentos enviados pelo correio ou por e-mail.

Então, acessa a página do Sisu/UTFPR ou o Anexo III do edital para saber quais documentos vai precisar. Todos os candidatos selecionados vão ter que trazer:

  1. Fotocópias autenticadas ou acompanhadas do original:
    – da carteira de identidade ou documento oficial de identificação com foto;
    – do certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente;
    – do histórico escolar do ensino médio ou equivalente;
    – e do documento que comprove estar em dia com o serviço militar (candidatos do sexo masculino maior de 18 anos).
  2. Fotocópia do comprovante de inscrição no CPF
  3. Declaração assinada pelo candidato de que não ocupa vaga em Instituição Pública de Ensino.

Além disso, os inscritos como cotistas também devem entregar os documentos específicos da sua categoria, conforme está na página do Sisu/UTFPR. É importante trazer a documentação nas datas indicadas para checar se está tudo ok. Caso falte algum comprovante de renda ou de deficiência, o candidato poderá complementar a documentação no dia 5 de fevereiro.

Deixe marcado na sua agenda para entregar a documentação no Departamento de Registros Acadêmicos (Derac) dos câmpus nos seguintes horários de entrega:

  • Das 9h às 12h e das 14h às 17h – Apucarana, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Curitiba, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Londrina, Medianeira, Pato Branco e Ponta Grossa
  • Das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h – Guarapuava
  • Das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30 – Santa Helena
  • Das 9h às 15h – Toledo

Não foi chamado? Corre lá para se inscrever na Lista de Espera!

Se você não foi convocado para a primeira chamada, você pode se inscrever para a Lista de Espera e assim concorrer às vagas que ainda não foram preenchidas. As inscrições vão de 29 de janeiro a 05 de fevereiro, exclusivamente pelo site do SiSU. A lista de espera será publicada 11 de fevereiro e a segunda chamada deve ocorrer no dia 13 do mesmo mês.

Sisu 2019.1 | Algumas boas razões para estudar na UTFPR

Campanha Sisu 2019 - banner blog do aluno

O Sistema de Seleção Unificada do MEC (Sisu) orferta mais de 235 mil para o ensino superior em diversas instituições de ensino superior brasileiras.

Tá, mas por que escolher estudar na UTFPR?

Este post traz algumas boas razões 😉

1. Universidade jovem, com história centenária

A UTFPR é a primeira assim denominada no Brasil e, por isso, tem uma história um pouco diferente das outras universidades. A Instituição não foi criada e, sim, transformada a partir do Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná (Cefet-PR). Como a origem deste centro é a Escola de Aprendizes Artífices, fundada em 1909, a UTFPR herdou uma longa e expressiva trajetória na educação profissional.

Por conta disso, a Instituição tem uma relação próxima com o setor produtivo. Isso se dá, por exemplo, por meio de pesquisas aplicadas, da cultura empreendedora, de atividades sociais e extraclasse.

Como consequência, hoje os ex-alunos da UTFPR trabalham em empresas no Brasil, na Europa, nas Américas e até na China, o que dá a certeza que possuem uma excelente formação profissional e com competências mundiais.

2. Aberta ao mundo

Como você deve ter visto em nossa campanha, a UTFPR tem o ensino gratuito que abre portas para o mundo. São mais de 90 instituições conveniadas em diversos países com oportunidades de intercâmbio, programas de dupla diplomação e pesquisas conjuntas. Para você ter uma ideia, atualmente 150 alunos fazem intercâmbio por meio dos acordos de dupla diplomação, que permitem ao aluno estudar no exterior com a possibilidade de ter dois diplomas, um pela UTFPR e outro pela instituição estrangeira.

3. Auxílios Estudantis

A UTFPR oferece algumas modalidades de auxílio financeiro para alunos que possuem renda familiar per capta de até um salário mínimo e meio por mês. Ao todo, são três modalidades de auxílio: Básico, R$ 200 mensais para despesas gerais dos seus estudos; Moradia, R$ 300 mensais para alunos que moram distante do domicílio de sua família; Alimentação, almoço e/ou jantar gratuito no Restaurante Universitário (RU) dos câmpus. Além disso, todos os estudantes regularmente matriculados têm direito à alimentação subsidiadas nos RUs, a um custo de R$ 3,50 por refeição.

4. Sistema de bibliotecas

A partir de 2019, as bibliotecas da maioria dos nossos câmpus estará totalmente informatizada. Você mesmo poderá emprestar e devolver obras na biblioteca de seu câmpus ou de qualquer outro câmpus da UTFPR que você visitar. Outra possibilidade é ler seu livro no celular ou tablet. A UTFPR disponibiliza mais de 25 mil livros digitais com livre acesso para nossos alunos; sem falar no nosso acervo físico com mais de 200 mil exemplares.

5. Mais oportunidades

Não é só de aulas que vive um aluno. Na UTFPR, você poderá participar de empresas juniores, resolvendo problemas reais de empresas, fazer iniciação científica, participar de competição de carros de corrida, robótica, programação, entre outras. Também é possível participar das atividades da atlética e da vida político-estudantil da UTFPR por meio dos centros acadêmicos e Diretório Central dos Estudantes (DCE), além de, é claro, participar de projetos de extensão que auxiliam a comunidade ou ainda estudar um outro idioma.

O mundo espera por você, e nós também :)

Sisu 2019.1 | Sistema de cotas

Campanha Sisu 2019 - banner blog do aluno

Desde 2013, a UTFPR adota a política de ações afirmativas para ingresso em seus cursos de grauação. Instituído pela Lei n° 12.711/2012, o sistema de cotas reserva 50% das vagas ofertadas no Sisu para alunos de escolas públicas.

A legislação segmenta as vagas em oito categorias distintas. São elas:

  • Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos que, independentemente da renda,  tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos com deficiência que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
  • Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

O candidato que for concorrer a uma dessas vagas precisa ficar atento às exigências de documentação comprobatória. A relação completa dos documentos necessários para matrícula está disponível no Anexo III do edital do Sisu-UTFPR

Ah, algumas obervações imporantes sobre o sistema de cotas:

O candidato que optar no ato de sua inscrição pelas vagas destinadas a cotistas e não comprovar esta condição no ato da entrega de documentação, perderá o direito à vaga.

Por fim, o sistema de cotas não aceita canditados que tenham sido bolsistas em escolas particulares.

Para mais informações, sempre consulte a nossa Página do Sisu.

Sisu 2019.1 | Pesos aplicados pela UTFPR

Campanha Sisu 2019 - banner blog do aluno

A partir desta segunda-feira (22) estão abertas as inscrições para a edição 2019.1 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Só para a UTFPR, são 4.442 vagas em 111 cursos de graduação.

O Sistema adota como critério de seleção as notas obtidas nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No entanto, cada instituição pode aplicar um peso diferente para o grupo de disciplinas do Exame.

Na UTFPR, os pesos variam de 1 a 4, dependendo da disciplina e do curso pretendido. O peso 4, por exemplo, é aplicado na disciplina de matemática para todas as engenharias. Dessa forma, um candito que tenha feito uma boa pontuação nessa disciplina  confira aqui a relação completa dos pesos.

O Departamento de Processos Seletivos da UTFPR também disponbiliza os maiores e menores escores dos aprovados nas últimas edições do Sistema. Uma boa dica para quem quer ter uma noção de como foi a pontuação dos que conquistaram uma vaga na Universidade Tecnológica.

As inscrições ficam abertas até 25 de janeiro, diretamente na página do Sisu.