Guia do Estudante de cara nova!

A nova edição do Guia do Estudante da UTFPR acaba de sair do forno! Na publicação, alunos e futuros alunos podem encontrar informações muito importantes para aproveitar todas as possibilidades que a UTFPR oferece.

Para os futuros alunos, o Guia mostra como funciona o processo de seleção para entrar na instituição, bem como, um resumo de cada um dos cursos oferecidos na Universidade, nas modalidades de curso Técnico, Graduação e Pós-Graduação.

Para os que já estudam na UTF, o Guia traz informações sobre os programas da Instituição, cursos de extensão, atividades físicas, comunitárias, mobilidade estudantil, assistência estudantil, bolsas, ou seja, tudo que possa contribuir para a formação acadêmica.

Vale a pena dar uma olhada e compartilhar com os colegas! 😉

Empreendedorismo na UTF: Núcleo Nativa

A série “Empreendedorismo na UTF” visita hoje a empresa Núcleo Nativa, hospedada no hotel tecnológico do Câmpus Dois Vizinhos. A empresa trabalha no desenvolvimento de inovações florestais para conservação da natureza. Fundada em 2011, a Núcleo Nativa é fruto da sociedade entre o professor Fernando Bechara e três de seus alunos do curso de Engenharia Florestal, Ciro Duarte de Paula Costa, Clézio José da Mota e Valéria Mariano da Silva.

Apesar do pouco tempo de vida, a Núcleo Nativa já é um destaque nacional no meio científico. No início deste ano, a empresa obteve duas cartas-patentes, Patentes Verdes, concedidas pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) como forma de título de propriedade sobre inventos relacionados a tecnologias ambientais sustentáveis. Feito que levou a UTFPR a ser a primeira, e até agora única, instituição brasileira detentora de mais de uma Patente Verde.

Alunos da Núcleo Nativa durante encontro com o diretor de Graduação da UTFPR, Álvaro de Alencar

Alunos da Núcleo Nativa durante encontro com o professor Álvaro de Alencar, diretor de Graduação da UTFPR.

Os inventos patenteados são a Bandeja Sementeira Móvel e a Bandeja para Produção de Placas de Mudas Florestais. A primeira tem a proposta de melhorar a eficácia da produção de mudas que necessitam de semeadura indireta. Já a Bandeja para Produção de Placas de Mudas Florestais permite criar uma espécie de ilha de floresta nativa, com plantas, solo, vegetação morta e microrganismos naturais da floresta.

E a galera da Núcleo Nativa ganhou destaque também na mídia. Na foto, os alunos posam com as patentes para o Diário do Sudoeste. (Foto: Reprodução/ Dayanne do Nascimento)

E a galera da Núcleo Nativa ganhou destaque também na mídia. Na foto, os alunos posam com as patentes para o Diário do Sudoeste. (Foto: Reprodução/ Dayanne do Nascimento)

Além de dispor do apoio do professor Bechara como consultor técnico, a empresa é beneficiada pelo conteúdo estudado em sala de aula – intrinsecamente ligado à inovação. É o que descreve Valéria: “Contamos com um corpo docente excelente, com professores jovens, muito atualizados e dispostos. Por isso, durante as disciplinas recebemos informações do que há de mais novo e quais os principais problemas em diferentes atividades florestais. Isto é essencial para quem busca a inovação”.

Com os três estudantes prestes a concluir a graduação, o próximo passo da Núcleo Nativa, segundo Ciro Duarte Costa, é deixar o hotel tecnológico para se tornar uma empresa incubada, possibilitando assim a exploração comercial de seus serviços e produtos. “Estamos buscando apoio para fazer o desenvolvimento dos produtos e o projeto de fabricação dos moldes industriais para conseguirmos chegar à comercialização”, conta.

Se você se interessou pelo trabalho que a Núcleo Nativa vem desenvolvendo, fique esperto. Há a possiblidade de abertura de vagas para colaboradores em 2015, com a empresa já em sua nova fase. Como diz Valéria, “o setor florestal é maravilhoso quando falamos de espaço para novas oportunidades. Há muito o que se descobrir e inovar!”.

Destinos UTF – Finlândia

Até o momento, apenas seis estudantes da UTFPR realizam intercâmbio na Finlândia – país localizado no extremo Norte do continente europeu. Por outro lado, mais de 20 instituições finlandesas possuem acordos para receber estudantes do Programa Ciência sem Fronteiras.

Então, ficou interessado em fazer parte desse grupo? Confira mais informações sobre a Finlândia no infográfico abaixo e não perca as próximas chamadas do Programa! 😉

 

Inscreva sua ideia inovadora no Desafio Universitário Empreendedor!

Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Desafio Universitário Empreendedor, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O evento é uma competição nacional de caráter educacional com o objetivo de desenvolver e estimular atitudes empreendedoras nos universitários brasileiros.

O evento é aberto a estudantes de qualquer curso de graduação, basta ter uma ideia inovadora! (Imagem: Reprodução/Sebrae)

O evento é aberto a estudantes de qualquer curso de graduação, basta ter uma ideia inovadora! (Imagem: Reprodução/Sebrae)

Para participar, os estudantes devem estar regularmente matriculados em qualquer curso de graduação de qualquer instituição de ensino superior e efetuar a inscrição no próprio site do Desafio.

A competição é composta por duas etapas: Etapa 1 – Etapa Estadual Classificatória com Ranking Virtual e Etapa 2 – Etapa Nacional Presencial: Final Nacional. Na primeira, os pontos serão obtidos a partir de um menu de jogos empresariais on-line e de diversas atividades educacionais oferecidas pelo Sebrae. Já na segunda, que será presencial, os estudantes participarão de diversas atividades lúdicas que gerarão pontos e definirão os campeões da competição.

Ao término do concurso, os alunos em melhor posição no ranking nacional podem ainda faturar prêmios incríveis, que vão desde troféus a viagens.

O concurso já conta com mais de 23 mil inscritos! Não vai perder esta oportunidade, né?

Para mais informações, consulte o regulamento e a página oficial do evento.