Férias!!!!

E ai, pessoal? O mundo não acabou!

E, depois de três semanas corridas de aulas, nada melhor do que Natal, Ano Novo e um tempo pra descansar antes de voltar tudo de novo, não?

Como as aulas começaram em períodos diferentes (e também já terminaram em Guarapuava), o calendário será diferenciado, fique atento!

As aulas retornarão dia 04 de fevereiro em quase todos os câmpus, com exceção de Guarapuava, que concluiu o segundo semestre letivo no dia 15 de dezembro e só recomeçará no dia 04 março!

Nesse período de descanso é bom se organizar. Janeiro pode ser dividido em momentos de diversão e também em momentos de revisão dos conteúdos (breve mesmo, gente!) que estavam sendo vistos, para manter fresca a matéria e não tornar a volta às aulas (mais) complicada. Como o mundo não acabou, não dá pra levar bomba depois das férias, né?

Durante as férias sugerimos a leitura de livros, assistir filmes (já foi assistir O Hobbit?!) e seriados, sair com os amigos, dar um pulo na praia, repor o sono perdido… Sugestões não faltam!

O Blog do Aluno deseja um ótimo descanso a todos, pois também estaremos aproveitando o nosso!

Retornamos em 2013!

Até lá!

Boas festas e bom descanso!

#natal #praia #férias #sono #descanso #fui!

Aberta a seleção para novos integrantes do PET-CoCE – Câmpus Curitiba

O Programa de Educação Tutorial Computando Culturas em Equidade (PET-CoCE), vinculado ao Departamento Acadêmico de Informática, do Câmpus Curitiba, está com as inscrições abertas para o processo de seleção de novos integrantes!

As inscrições vão até 15 de fevereiro de 2013. Para saber mais, acesse o site do PET-CoCE ou a página no Facebook.

O PET-CoCE é um grupo Conexões dos Saberes, que explora a computação e seus desdobramentos na sociedade, tanto na comunidade da UTFPR, quanto na comunidade externa.

Nesse ano, o grupo realizou diversas atividades, como adaptação de software e desenvolvimento de identidade visual para o SICITE 2012; cursos de programação para a comunidade externa, um trabalhando a plataforma Arduino e outro focado em desenvolvimento de jogos com Python; e grupos de estudo.

Ainda não sabe o que é um PET? PETs  são grupos de alunos, que, com acompanhamento de um professor tutor, desenvolvem atividades relacionando ensino, pesquisa e extensão. Desta forma, os alunos Petianos recebem uma educação diferenciada, complementar à graduação. Para saber mais, confira um post especial sobre os Grupos PETs da UTFPR, publicado aqui no Blog!

Se interessou? Então se inscreva e participe!

Solidariedade no Câmpus Ponta Grossa

Nesse semestre, o Projeto Crescer atendeu crianças da Associação Reviver de Assistência ao Portador do Vírus HIV.

Olha que iniciativa bacana dos alunos da Atlética XV de Outubro, do Centro Acadêmico de Engenharia Química e do Diretório Central de Estudantes do Câmpus Ponta Grossa!

Em parceria com o Rotaract Ponta Grossa Oeste, e com o apoio do Rotary Club Ponta Grossa Oeste e da CCR Rodonorte, os alunos criaram o Projeto Crescer, que busca propiciar a crianças da comunidade atividades educativas, culturais e esportivas, orientando-as de uma maneira dinâmica e criativa. 

Nesse semestre, as crianças da Associação Reviver de Assistência ao Portador do Vírus HIV, que têm entre 08 e 14 anos, puderam participar do Projeto. As práticas foram realizadas sempre em um sábado de cada mês, em período integral.

E nesse sábado, dia 22, os alunos do Câmpus Ponta Grossa farão uma Edição Especial do Projeto, proporcionando um dia de lazer e aprendizado às crianças, contando também com a participação dos calouros no trote social “Natal Solidário”, que arrecadará e distribuirá presentes às crianças.

Participe dessa iniciativa! Acesse a página do Projeto Crescer no Facebook e saiba mais!

Design para ouvir

Em novembro de 2010, durante a Semana Acadêmica de Design da UTFPR, os alunos Hugo L. Pizaia, Zeh Fernandes e Thiago Grossmann, do Câmpus Curitiba, lançaram a Revista Cliche.

O projeto, que é uma publicação independente e recebe trabalhos para divulgação de diversas universidades, cresceu!

Agora, além do seu portal colaborativo, os criadores da Cliche trazem mais uma novidade. Em novembro, foi lançado o ClicheCast, uma série de podcasts com os fundadores da Cliche e convidados que discutem temas relevantes para o design.

No primeiro ClicheCast, os meninos discutem sobre os chamados “Problemas Zumbis”, que são projetos mal feitos, como maçanetas que machucam a mão e interfaces de sistemas de aeroporto quem dão medo.

Já no segundo ClicheCast, os fundadores da Cliche trazem convidados para falar sobre design e futebol.

Ouviu? Gostou do projeto? O que achou da iniciativa?

Conhece outros projetos bacanas criados por alunos da UTFPR? Colabore, envie dicas de posts para a gente pelo e-mail blogdoaluno@utfpr.edu.br

Mercado de trabalho: ciências contábeis

E ai, pessoal? O que vocês sabem sobre o mercado de Ciências Contábeis?

O que todo mundo associa a essa profissão são aquelas funções de análises financeiras, elaboração de relatório, registro de transações, não é?

Contudo, o perfil do profissional desta área (e a visibilidade!) mudou um pouco desde 2008, quando o Brasil passou a seguir as normas internacionais de contabilidade.

Agora, esses também são auxiliares em tomada de decisões das empresas, juntamente com os gestores.

Como todos devem imaginar, é fundamental ter afinidade com números, já que o curso é voltado, principalmente, para a avaliação financeira. Mas, atualmente, ter somente o curso superior não é o suficiente para crescer (em nenhuma área).

Como o profissional passou a ser mais cobrado, para se destacar é necessário uma pós-graduação, MBA, domínio de outro idioma (em especial do inglês), conhecimento do que está rolando no mercado financeiro e demais assuntos ligados à economia.

E com que ele pode trabalhar?

Bom, pode trabalhar em escritórios ou em empresa própria, com recursos humanos, perícia contábil ou judicial, auditoria, gerência financeira e também na área tributária.

Como qualquer tipo de empresa (desde micro a grandes empresas, ou até mesmo as domésticas) precisa de serviços contábeis, é possível encontrar serviços terceirizados ou equipes próprias dentro da empresa. Lembrando ainda que é o profissional que geralmente faz as declarações de imposto de renda.

Contudo, para exercer a profissão plenamente como contador e assinar balanços contábeis, agora é necessário que após a conclusão do curso seja feito um exame de suficiência aplicado pelo Conselho Federal de Contabilidade. Essa medida foi estabelecida ano passado e é rígida como o exame da Ordem de Advogados (OAB).

No último exame, a aprovação foi de 38% e é bem comum os estudantes terem de fazer cursinho para serem aprovados.

Mas a área é promissora, principalmente para aqueles que continuam se qualificando, pois se estima que para cada contador há, em média, 40 empresas precisando destes profissionais.

Não há um piso salarial nacional estabelecido por lei, mas o salário inicial gira em torno de R$ 2.500 e R$ 3.000.

E você? Gosta ou já pensou em seguir essa área?