Reopção de cursos de graduação

Pensando em mudar de curso?

A dica é se ligar no edital de Reopção de Cursos de Graduação!

As inscrições já estão abertas e seguem até esta quinta-feira, dia 17. Para concorrer, é preciso preencher a Ficha de Inscrição pela internet e entregar a documentação exigida no edital ao Departamento de Registros Acadêmicos (Derac). As vagas são para o 1° semestre letivo de 2018.

reopcao_de_curso_face

Atenção: a seleção é destinada exclusivamente ao aluno regularmente matriculado ou com matrícula trancada no mínimo no segundo período em um dos cursos de graduação da UTFPR e que deseja fazer a reopção dentre os cursos do mesmo câmpus.

Confira o quadro de vagas e cursos ofertados no Anexo I do edital

Os candidatos serão classificados por ordem decrescente de Coeficiente de Rendimento obtido no curso de origem, sendo respeitado o período mínimo exigido para ingresso na graduação pretendida. Os desempates serão feitos na seguinte ordem:

a) Candidato com a maior carga horária de disciplinas convalidadas;
b) Candidato com a maior carga horária de disciplinas cursadas com aprovação no curso de origem;
c) Candidato com idade maior.

Os selecionados deverão participar do processo de matrícula de veteranos da UTFPR para o 1° semestre letivo de 2018 como aluno regular do curso para o qual foi selecionado, nas mesmas condições dos demais alunos.

Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica 2017

Sim, muita gente quer ver o resultado da sua pesquisa!

Então, olha só esta oportunidade 😉

O Câmpus Londrina sediará, em 2017, o XXII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica (Sicite) da UTFPR, que será realizado entre 18 e 20 de outubro. Promovido anualmente pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), pelas diretorias de Pesquisa e Pós-Graduação e pelo Comitê Interno Pibic/Pibiti, o evento é direcionado à divulgação dos resultados dos trabalhos de iniciação científica e tecnológica desenvolvidos por alunos bolsistas e voluntários no âmbito dos programas apoiados por agências de fomento. Para participar, os alunos deverão se inscrever e submeter seus trabalhos entre os dias 11 e 28 de agosto.

sicite

Para divulgarem seus trabalhos de iniciação científica e tecnológica, os alunos da UTFPR participantes dos programas institucionais de Iniciação Científica (Pibic), de Iniciação Científicas nas Ações Afirmativas (Pibic-AF), de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti), de Iniciação Científica para o Ensino Médio (Pibic-Jr e Pibic-EM) e de Voluntariado em Iniciação Científica e Tecnológica (PVICT) poderão se inscrever nas modalidades apresentação oral ou pôsteres. Durante o evento, os trabalhos apresentados são avaliados por uma comunidade acadêmico e os resultados são divulgados para a sociedade em geral.

Além das apresentações de trabalhos, a programação do Sicite contará com palestras.

Mais informações estão disponíveis na página do Sicite.

Bem-vindos, calouros ;)

Enfim, aluno da Tecnológica!

Sabemos que todo começo pode ser um pouco difícil e, por isso mesmo, preparamos esta breve apresentação. Aqui, você vai saber o porquê de sermos uma das melhores instituições de ensino superior do Brasil e como aproveitar ao máximo sua passagem por aqui.

00516_volta_as_aulas_2017_2_6353720088803650223

Por falar em qualidade, alguns dados: somos a 2° Universidade Jovem (menos de 30 anos) mais Importante do Brasil, segundo o Ranking da Folha de S. Paulo (RUF), a 1° Instituição no Conceito Médio de Graduação do Paraná e a 16° Instituição no Conceito Médio de Graduação do País. Além disso, temos o maior número de vagas ofertadas em cursos de Engenharia no Brasil e a maior oferta anual de vagas no Sistema de Seleção Unificada do MEC (Sisu).

Agora, você deve estar pensando o que lhe aguarda na sua recém-inciada jornada acadêmica, certo?

Se liga aí 😉

Internacionalização. Você sabia que a Tecnológica possui convênios com diversas universidades estrangeiras? Sim, são mais de 90 convênios. Por conta disso, os cursos de graduação cada vez mais fecham acordos de dupla diplomação, o que possibilita ao aluno fazer um período de intercâmbio no exterior e ainda receber dois diplomas de graduação, um expedido pela Tecnológica e outro, pela instituição estrangeira. Confira os acordos vigentes.

Auxílio Estudantil. Os alunos que possuem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio podem se inscrever no programa de Auxílio Estudantil, que através das bolsas (básica, alimentação, instalação e moradia) dão uma força para os estudantes que mais precisam. Todo o seletivo é coordenado pelos núcleos de Assistência Estudantil (Nuapes) dos câmpus.  Além disso, todos os estudantes regularmente matriculados têm direito à alimentação subsidiada nos Restaurantes Universitários (RU).

Sistema de Bibliotecas. O acervo de mais de 200 mil exemplares está disponível para todos os estudantes, seja para consulta local ou empréstimo. O cadastro é bem simples. A partir do número da sua matrícula, será gerada uma senha pessoal para a realização de empréstimos e renovações on-line. Cada aluno pode emprestar cinco livros pelo período de sete dias, podendo serem renovados por outras três vezes por igual período.

Ah, não esqueça de fazer sua carteirinha de estudante. Ela garante a realização de empréstimos nas bibliotecas e também possa pagar mais barato pelas refeições dos RUs. A carteirinha é feita diretamente nos departamento de Registros Acadêmicos (Deracs), ou secretaria, como o setor é conhecido em muitos câmpus.

Muito mais… Além disso, os câmpus têm diversas atividades extracurriculares para os alunos, como é o caso dos grupos de teatro, corais, incubadoras, hotéis tecnológicos e até empresas juniores. E claro, há também as atividades encabeçados pelos Centros Acadêmicos, representantes dos interesses dos alunos junto às coordenações, e pelas Atléticas, responsáveis por dar uma mão para a galera que adora esportes.

Bem-vindos à sua nova casa, bem-vindos à #Tecnológica.

Rematrícula 2017.2

Férias chegando ao fim e… o primeiro passo para começar com tudo o novo semestre letivo é fazer a rematrícula 😉

O procedimento, exclusivo para alunos veteranos, já está aberto para alguns câmpus e é feito exclusivamente pelo Portal do Aluno. O sistema automaticamente oferece uma sugestão de disciplinas. A prioridade é para os acadêmicos que estão no período, seguido por aqueles com dependência e, por fim, para os que queiram adiantar disciplinas. Nesta primeira etapa, são sugeridas apenas disciplinas que fazem parte da matriz curricular do curso.

Prazos para Requerimento

requerimento

Após esse requerimento, as matrículas são processadas e as vagas são analisadas. O ajuste e a confirmação da matrícula acontecem após a análise, que confirmará a grade de horários do aluno. Depois disso, o aluno pode ainda fazer a inclusão de disciplinas nas turmas com vagas disponíveis, podendo se matricular em disciplinas extracurriculares. Os demais prazos seguem os cronogramas abaixo:

Ajuste/Confirmação de Matrícula

ajuste e confirmação

Inclusão de Disciplinas

inclusão

Ah, também é importante lembrar alguns pontos sobre a rematrícula:

  • O requerimento não garante a vaga efetivamente. É necessário realizar a confirmação na data correta para garantir a vaga;
  • Os alunos com dependência(s) têm até três semestres letivos para refazer a disciplina. Do contrário, o estudante fica retido no sistema e não pode fazer as disciplinas do período atual;
  • Alunos com multas pendentes na biblioteca também ficam impossibilitados de realizar a rematrícula até que regularizem a situação.

Acadêmicos desenvolvem plataforma on-line de atividades pedagógicas

Os alunos de curso de Tecnologia em Sistemas para Internet do Câmpus Guarapuava desenvolveram uma ferramenta que promete facilitar o trabalho dos professores. Chamado de ‘Brincando na Web’, a plataforma é utilizada para elaboração de atividades pedagógicas para as turmas dos primeiros anos do Ensino Fundamental I. A ferramenta permite aos professores compor um conteúdo e criar questões alternativas associadas ao tema.

projeto_guarapuavaO projeto foi criado pelos alunos Erika Leão, Felipe Weiber e Lucas Sartori para uma disciplina com foco em aspectos relacionados à Interação Humano-Computador e à Avaliação de Interface. No desenvolvimento, foram utilizadas as seguintes tecnologias: linguagem de programação PHP, framework Laravel, Sistema Gerenciador de Banco de Dados MySQL, framework CSS Bootstrap, biblioteca de animação Animate, wysiwyg editor NicEdit e a ferramenta para analise de interação do usuário Hotjar.

E tem mais, o projeto está sendo implantado na Rede Municipal de Ensino de Guarapuava por meio do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo). O objetivo é promover o uso pedagógico da informática na educação básica, assim como incentivar o uso da tecnologia como ferramenta de enriquecimento pedagógico.

Sensacional, heim?