Coluna Persona – Exercício Físico melhora o desempenho nos estudos?

00617_colunapersonaativfisica_5157111752905723997Escutamos o tempo todo que devemos praticar exercícios físicos para evitar problemas de saúde, manter o peso, viver mais, entre outros benefícios. E para os estudos? Os exercícios físicos também ajudam?

Você sabia que a cada vez que você se exercita, a musculatura esquelética envia sinalizadores bioquímicos que atravessam a barreira do cérebro para estimular a produção de fator neurotrófico derivado do cérebro ou BDNF (Brain-Derived Neurotrophic Fator)? Esse BDNF é determinante para a melhora da atividade cerebral.

Para ficar mais fácil de entender vamos fazer uma comparação. O BDNF seria o adubo do cérebro para estimular a produção dos neurônios. Ou seja, quando mais adubo, mais neurônios serão formados. E para produção de mais adubo, os exercícios são a matéria prima. Transformando em dados, você pode aprender 20% mais rápido, imediatamente, após se exercitar.

Além disso, você já observou que uma pessoa que faz atividade física se sente tão bem que quer sempre fazer mais e continuar com o mesmo foco? A capacidade cognitiva também melhora muito com a atividade física.

Afinal, o que é cognição? A cognição é o processo de obter conhecimento através da atenção, memória, juízo, percepção, associação, raciocínio, pensamento e linguagem. Isso quer dizer que a cognição é a forma como cérebro aprende, percebe as coisas, pensa e recorda tudo o que já viu, através dos cinco sentidos que temos.

É comum vermos pessoas que precisem passar em um vestibular, em um concurso, ter uma ideia para um trabalho ou fazer qualquer outra coisa que envolva pensamento e estudo, ficar o tempo todo sentada, estudando e pensando. Parar um pouco, fazer outras atividades e praticar exercício também é importante e vai ajudar e muito na capacidade cognitiva.

“Bora” praticar exercícios?