Quer receber o auxílio estudantil para 2018? Saiba como:

Já estão disponíveis as inscrições e o edital de auxílio estudantil para o ano de 2018. E, para não ficar com nenhuma dúvida, o blog do aluno trouxe as principais informações. Mas é muito importante ler o edital completo com muita atenção.

A primeira fase de inscrição é exclusiva para o aluno regularmente matriculado em pelo menos uma disciplina obrigatória do seu curso e com, no mínimo, 75% de frequência nas aulas e que não tenha mais de 33% de disciplinas canceladas ou reprovadas nos semestres anteriores. Além disso é necessário realizar uma inscrição no portal do aluno (na aba “Inscrição – auxílio estudantil”) e seguir as instruções indicadas, entregando, por fim, documentos comprobatórios para análise da disponibilidade dos benefícios ao candidato.

Quais documentos devo apresentar?

Ao inscrever-se no Portal do Aluno, o candidato deverá imprimir e preencher o termo de responsabilidade e o quadro de composição familiar. Junto a esses dois documentos devidamente preenchidos, assinados e datados, devem ser entregues documentos como:

a) Fotocópia do RG e CPF do aluno candidato e de todos os integrantes da casa (caso o integrante seja menor de idade e não possua RG ou CPF, anexar a cópia da certidão de nascimento);
b) Fotocópia da carteira de trabalho do aluno e de todos os integrantes da casa (folha de identificação, última página assinada com contratação e a folha seguinte em branco);
c) Fotocópia da declaração de IRPF do aluno e de todos os membros da casa que tenham mais de 18 anos (para 1º semestre o exercício deve ser de 2017 e para o 2º, de 2018) ou comprovar a não obrigatoriedade de declaração, que pode ser consultada neste link (http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/i ndex.asp );
d) Fotocópia de documentos comprovantes de renda do aluno candidato e de todos os integrantes da casa (como holerites, declarações detalhadas de serviço autônomo, declarações de MEI, e etc);
e) Fotocópia do contrato de aluguel e moradia compartilhada (se houver), para auxílio moradia.

Além desses documentos principais, o aluno deve conferir no edital quais outros documentos se encaixam em sua situação atual, como por exemplo, comprovar o recebimento de outras bolsas como de estágio e iniciação científica e condições de saúde do aluno e da família. Lembre-se de respeitar os prazos de entrega no Núcleo Acompanhamento Psicopedagógico e Assistência Estudantil (Nuape) de seu Câmpus.

Quais as modalidades de auxílio estudantil e para quê elas servem? 

O auxílio básico serve para cobrir determinados custos gerais da vida acadêmica do aluno, como material didático e transporte, por exemplo. Ele é concedido na forma de recurso financeiro, no valor de R$ 200 mensais, durante a vigência do edital.

O auxílio moradia visa contribuir com as despesas de alunos que precisaram sair de seu domicílio de origem para estudar na UTFPR, o valor mensal é de R$ 300 durante a vigência do edital.

Por fim, o auxílio alimentação fornece ao beneficiado a possibilidade de almoçar e/ou jantar nos restaurantes universitários dos Câmpus da UTFPR que possuem RU’s, sem custo. E, caso o câmpus do candidato não possua RU, o valor é depositado em forma de recurso financeiro no valor de R$ 75 mensais, durante a vigência do edital.

Quais as datas de inscrição e entrega das documentações? 

Para os veteranos, as inscrições e entregas dos documentos começaram no último dia 28 e vão até dia 13 de dezembro. Para os calouros que ingressarão em 2018, as inscrições e entrega da documentação começam dia 05 de março e se estendem até o dia 09 de março de 2018 (na primeira semana de aulas).

No dia 9 de abril os resultados estarão disponíveis para eventuais interposições de recursos, e a lista unificada será divulgada em dia 20 de abril. Os alunos com benefício deferido devem possuir conta nos bancos Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil para o recebimento do auxílio.

O período de vigência do auxílio é de abril de 2018 a março de 2019.

É muito importante ler o edital e conferir todas as datas, anexos e documentos que você precisará entregar ao Nuape. Lembre-se, principalmente, de entregar os documentos conforme as instruções: selado e com o protocolo de identificação no envelope. Qualquer dúvida, entre em contato com o Nuape do seu Câmpus.

Dia Nacional do Doador de Sangue

Dia 25 de novembro é comemorado o dia nacional do doador de sangue. Esse ato tão nobre e solidário leva 3,5 milhões de brasileiros a hemocentros e postos de coleta anualmente. As estatísticas são boas, mas esse é o tipo de número que sempre se deve buscar o crescimento. Por isso, aqui vão algumas dicas e informações úteis para que você possa se tornar um doador de sangue também!

Quem pode doar

Para ser um doador é importante ter entre 18 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Também é recomendável ir ao posto de coleta sempre descansado e alimentado; ao contrário dos exames regulares de sangue, a doação não requer jejum.

Vale lembrar que é você quem determina a periodicidade de suas doações. Ou seja, se você quiser doar sangue a vida inteira ou apenas uma vez na sua vida, tudo bem 😉 Porém, existe um intervalo a ser respeitado entre doações. Para homens, essa pausa é de 60 dias e para mulheres, de 90 dias e ela serve para o corpo fazer a manutenção do sangue e estocar novamente os níveis de ferro no organismo.

Passo a passo do dia da doação

Cada posto de coleta possui uma espécie de triagem, que identifica se a pessoa está apta para ser doador. O candidato à doação deve apresentar-se com um documento oficial com foto e, ao ser cadastrado, fornecerá algumas informações sobre sua vida e seus hábitos de saúde e passará por alguns testes, como teste de anemia, pressão arterial e frequência cardíaca.

O procedimento de doação em si, é rápido, seguro e indolor, durando de 10 a 15 minutos. A coleta em bolsas absorve cerca de 450ml de sangue (que é reposto em menos de 24 horas, fique tranquilo!). Em seguida, o doador recebe um lanche e é indicado também a ingerir bastante água ao decorrer do dia.

Restrições

Algumas pessoas não podem doar sangue por questões temporárias ou permanentes como:
– Portadores de doenças como diabetes, câncer, hepatite, malária;
– Pacientes que passaram por recentes cirurgias de grande porte e transporte de órgãos;
– Casos recentes de diarreia, gripe, resfriado, reações alérgicas ou doenças sexualmente transmissíveis;
– Estar grávida ou em período de amamentação (nos 12 meses anteriores à doação);
– Ter feito tatuagens e colocado piercings nos últimos 12 meses;
– Ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas ou consumo regular de drogas (injetáveis ou não);

Ao atingir 12 meses regulares de doações, você pode obter uma carteirinha de doador que o beneficia  com descontos em shows, cinemas, teatros e eventos esportivos (Lei Estadual 13.964/2002).

A doação é um ato humanitário e simples onde um único doador pode salvar até quatro vidas. Doar sangue é doar vida! Faça parte dessa causa.

Saiba onde doar na cidade que você está!

APUCARANA
Hemepar Apucarana
Rua Antônio Ostensk, 3
Fone: (43) 3420-4200
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 13h às 17h
segunda, quarta e sexta-feira das 8h30 às 12h30

CAMPO MOURÃO
Hemonúcleo de Campo Mourão
Rua Mamboré, 1500
Fone: (44) 3525-1102
Horário de coleta: segunda a sexta-feira das 7h30 às 11h – 13h30 às 17h

CORNÉLIO PROCÓPIO
Hemepar – UCT de Cornélio Procópio
Rua Justino Marques Bonfim, 27
Fone: (43) 3520-3500
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 7h30 às 11h

CURITIBA
HCC Hemepar Curitiba
Travessa João Prosdócimo, 145
Fone: (41) 3281-4000
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 7h30 às 18h30 (distribuição de senhas até às 17h)
Sábado das 8h às 17h30

Hemobanco
Endereço: Rua Capitão Souza Franco, 290
Fone: (41) 3023-5545
Horário de Coleta: segunda-feira a sábado, das 8h às 13h30.

Hospital Erasto Gaertner
Endereço: Rua Doutor Ovande do Amaral, 201
Fone: (41) 3361-5000
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

FRANCISCO BELTRÃO
Hemonúcleo de Francisco Beltrão
Rua Marília, 1327
Fone: (46) 3524-2434
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 – 13h30 às 16h30

GUARAPUAVA
Hemepar de Guarapuava
Rua Afonso Botelho, 134
Fone: (42) 3622-2819
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 8h às 11h – 13h às 16h

LONDRINA
Hemocentro Regional de Londrina – Anexo ao Hospital Universitário
Rua Cláudio Donizete Cavalieri, 156
Fone: (43) 3371-2218
Horário de coleta: de segunda a sexta-feira, das 13h às 18h30; aos sábados, das 8h às 17h30

IHEL – Instituto de hematologia de Londrina
Rua Senador Souza Naves, 667
Fone: (43) 3374-7800
Horário de coleta: de segunda a sexta-feira das 13h às 17h

PATO BRANCO
Hemonúcleo de Pato Branco
Rua Paraná, 1633
Fone: (46) 3225-1014
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das13h às 20h
*Terça-feira: coleta externa nos municípios

PONTA GROSSA
Hemonúcleo de Ponta Grossa
Rua General Osório – esquina c. Coronel Dulcídio
Fone: (42) 3223-1616
Horário de Coleta: segunda a sexta-feira das 7h30 às 18h30

Banco de Sangue Hospital Bom Jesus
Rua Dom Pedro II, 108
Fone: (42) 3223-2425
Horário de coleta: das 08h às 12h

TOLEDO
Hemepar UCT Toledo
Rua Almirante Barroso, 2490
Fone: (45) 3379-1993
Horário de coleta: segunda a sexta-feira das 7h30 às 10h30 – 13h30 às 15h

Coluna Persona: Foco e Concentração

Você prefere assistir a uma série ou ter que estudar para a prova de uma disciplina?
00623_colunapersona_foco_e_atencao_01_9220332452015330676Nem precisamos consultar as pessoas para saber entre qual das opções ela optaria. E isso é facilmente explicável. Quanto mais tempo você fica pensando na prova, no que precisa revisar, no que não entendeu muito bem, na nota que precisa tirar, mais desconfortável seu cérebro fica.

Isso acaba gerando outro efeito: o seu cérebro vai tentar desviar sua atenção do desconforto, adiando assim a preparação para a prova e aumentando a vontade em querer fazer algo diferente, como assistir a um filme, sair para conversar com os amigos, entre outros. Ou seja, aquele momento de estudos vai sendo adiado a todo momento.

Se você está pensando “É exatamente isso que acontece comigo!  Como faço para mudar?”  Vai aí uma dica da professora da Oakland University, Barbara Oakley: Comece logo a estudar, pois, quando você inicia, o desconforto vai desaparecendo.

Uma ferramenta que pode te ajudar a estudar de modo focado e produtivo é a técnica Pomodoro. Ela foi criada na década de 80 pelo italiano Francesco Cirillo que utilizava um cronometro em forma de tomate e funciona como um timer de 25 minutos. Ou seja, você organiza os conteúdos que precisa estudar e começa estudando 25 minutos, sem interrupção. Após esse tempo (1 pomodoro), faça um intervalo de cinco minutos para tomar um café, comer um chocolate, dar uma alongada no corpo, ou seja, faça uma pausa. Após quatro pomodoros, ou seja, quatro programações de 25 minutos, o intervalo aumenta para uma pausa de 15 a 30 minutos.

Assim, você vai intercalando tempo de estudo e descanso na sua agenda diária.

ciclo-pomodoro

Por que a técnica é eficaz? (fonte: lendo.org)

  • Faz com que você defina prioridades;
  • Impõe o tempo de 25 minutos para a realização de uma atividade, que permite que você se condicione para terminar ou render ao máximo durante esse período. Há uma pressão positiva para concluir a atividade;
  • Faz com que você lide melhor com a procrastinação. Um trabalho enorme pode ser dividido em pequenas etapas de 25 minutos facilmente;
  • Não excede a sua capacidade de concentração, o que garante um melhor desempenho na realização das suas atividades;
  • Aumenta a agilidade mental em razão das pausas frequentes e, consequentemente, seu rendimento;
  • Estimula o foco de concentração – 25 minutos é um tempo ideal para a maioria das pessoas;
  • Evita distrações. Atividades paralelas, mesmo que sejam rápidas, como buscar um copo de água, fechar a cortina ou dar uma olhadinha no Facebook podem ser adiadas (e devem, nesta técnica!).
  • Faz com que você aproveite o tempo livre, pois sente-se mais satisfeito pelo período de trabalho produtivo;
  • Condiciona a gerenciar seu tempo, trabalhando com ele e não contra ele.

Tem até um aplicativo inspirado na técnica que pode te ajudar – https://play.google.com/store/apps/details?id=net.phlam.android.clockworktomato

relogio-de-tomate

Vem aí o Baja Sul 2017 – Equipes preparam últimos ajustes

Está chegando… Entre os dias 17 e 19 de novembro acontecerá mais uma edição da competição Baja Sae Brasil, etapa Regional Sul. A UTFPR está com quatro equipes para a competição (estamos na torcida!!!), entre as 22 inscritas nesta etapa regional. O evento será realizado na Universidade de Passo Fundo, Rio Grande do Sul.

IMPERADOR 1

Na competição, teremos as equipes: Imperador UTFPR ( foto acima – Câmpus Curitiba), Pato Baja (Câmpus Pato Branco), Gralha Azul (Câmpus Ponta Grossa) e Procobaja (Câmpus Cornélio Procópio).

A equipe Imperador aposta na continuidade que possuem, já que, desde 2008,  participam de todas as edições.

Para a Pato Baja (foto abaixo), a participação na competição é consequência de uma equipe que se mantém unida e forte para superar todos os desafios da caminhada.

PATO BAJA 1

A Procobaja investe na união de seu grupo espera para agir de forma rápida e inteligente perante aos problemas e adversidades que apareçam.

Ou seja, a frase que une essas equipes da UTFPR é: “A união faz a força!”.

Para participar, as equipes devem ser formadas por estudantes de Engenharia e objetivo é desenvolver um caso real de um veículo off road.

Vamos torcer para essa galera! Boa sorte pessoal!!

Pré-vestibular gratuito em Curitiba

Tá pensando em entrar na UTFPR no próximo ano, mas precisa aprimorar os conhecimentos para as provas do Enem? Se liga só nessa! As ONGs Em Ação e Formação Solidária estão com inscrições abertas para o pré-vestibular semiextensivo e superintensivo 2017. E como os dois projetos são voltados para alunos de baixa renda, as aulas não têm custos 😉

Funciona assim, o candidato se inscreve e realiza a primeira fase do processo seletivo, que consiste em uma prova com questões com o conteúdo das disciplinas do ensino médio. Os convocados para a segunda fase realizam uma entrevista socioeconômica, com o objetivo de conhecer melhor os alunos e atestar o grau de vulnerabilidade do candidato.

Alunos da ONG Em Ação no banho de lama UFPR

Alunos da ONG Em Ação no banho de lama UFPR (Foto: Divulgação)

Daí, é só dedicação 😉

As aulas no Formação Solidária acontecem de segunda a sexta-feira e aos sábados, no tuno da manhã. Já as aulas da ONG em Ação são realizadas somente aos finais de semana, das 8h às 20h. Seja qual for a escolha, os dois pré-vestibulares darão aquela força pra você realizar o sonho de ingressar no ensino superior.

As inscrições para a ONG Em Ação seguem abertas até esta segunda-feira, 3 de julho, com taxa única de inscrição de R$ 47. O seletivo para o Formação Solidária recebe inscrições até 16 de julho, com taxa única de R$ 50.