Pré-vestibular gratuito em Curitiba

Tá pensando em entrar na UTFPR no próximo ano, mas precisa aprimorar os conhecimentos para as provas do Enem? Se liga só nessa! As ONGs Em Ação e Formação Solidária estão com inscrições abertas para o pré-vestibular semiextensivo e superintensivo 2017. E como os dois projetos são voltados para alunos de baixa renda, as aulas não têm custos 😉

Funciona assim, o candidato se inscreve e realiza a primeira fase do processo seletivo, que consiste em uma prova com questões com o conteúdo das disciplinas do ensino médio. Os convocados para a segunda fase realizam uma entrevista socioeconômica, com o objetivo de conhecer melhor os alunos e atestar o grau de vulnerabilidade do candidato.

Alunos da ONG Em Ação no banho de lama UFPR

Alunos da ONG Em Ação no banho de lama UFPR (Foto: Divulgação)

Daí, é só dedicação 😉

As aulas no Formação Solidária acontecem de segunda a sexta-feira e aos sábados, no tuno da manhã. Já as aulas da ONG em Ação são realizadas somente aos finais de semana, das 8h às 20h. Seja qual for a escolha, os dois pré-vestibulares darão aquela força pra você realizar o sonho de ingressar no ensino superior.

As inscrições para a ONG Em Ação seguem abertas até esta segunda-feira, 3 de julho, com taxa única de inscrição de R$ 47. O seletivo para o Formação Solidária recebe inscrições até 16 de julho, com taxa única de R$ 50.

 

Alunos da UTFPR são selecionados para curso de nanossatélites na Rússia

Entre curtir as férias e fazer um curso de verão na Rússia, esta galera decidiu fazer os dois! Recentemente, um grupo de estudantes de engenharia da Tecnológica foi selecionado para fazer um curso de duas semanas na Escola Estatal de Samara (SGAU), em Samara, na Rússia.

O curso teve início no último dia 19 e terá duração de duas semanas. As aulas são voltadas para os estudos das tecnologias espaciais, em específico sobre nano satélites. A ação é promovida pela Associação Latino-Americana Russa (Alar), organização  que promove intercâmbios científicos, acadêmicos e culturais entre a Rússia e países da America Latina.

Mas, como nem tudo são flores, os alunos tiveram que passar por duas etapas para pleitearem a oportunidade de estudar em Samara. A primeira foi a análise do perfil e currículo acadêmico; então, os candidatos aceitos receberam o acesso ao conteúdo do curso preparado por um professor da SGAU na plataforma Moodle, onde teriam que estudar e realizar os exercícios e testes propostos pela escola russa. Conforme a nota dos exercícios, os finalistas foram escolhidos.

Ao todo, foram selecionados cinco alunos da Tecnológica para o programa, entre eles, Renata Yang, aluna de Engenharia de Controle e Automação e Nathalie Maciel, de Engenharia Eletrônica.

“Creio que isso resultará em um enorme aprimoramento pessoal, e mais importante, será um diferencial no meu currículo”, comenta Maciel. Já Yang acredita que o curso contribuirá para a expansão do conhecimento em seu curso: “a oportunidade de desenvolver um projeto com alunos de diversos países do mundo, de vários campos da engenharia igualmente será edificante, contribuindo para que eu obtenha mais experiência no trabalho interdisciplinar, e certamente agregará à minha vida profissional”.

Equipes da UTFPR vencem o Desafio Renault Experience 2.0

Pode mandar o desafio, os alunos da UTF arrasam! Prova disso são as equipes Move Curitiba e Terpibots, duas das três vencedoras do Desafio Renault Experience 2.0. As equipes competiram com outras 450 de 85 universidades brasileiras.

20170619_121542

Nesta edição, o desafio foi dividido em três fases: Ideathon, onde os participantes deveriam criar uma ideia de alto impacto nas áreas de mobilidade; Business Lab, com a validação da ideia e a consequente modelagem do negócio com a orientação de empreendedores e organizações; e por último, a Aceleradora Renault, onde a ideia sai do papel e se torna uma startup, com investimentos iniciais cedidos pela própria Renault.

E foi esse o prêmio que nossos alunos conquistaram, os times finalistas receberão R$ 30 mil para custear os investimentos iniciais da startup! Segundo Nataniel de Campos, da equipe TerpiBots, todo o desafio compensou. “Foi indescritível a emoção que senti quando conquistamos uma das três vagas para a terceira fase, afinal todo nosso esforço valeu a pena”, comenta o aluno de Engenharia de Controle e Automação.

Mas o prêmio é só o começo, as equipes agora terão muito trabalho a fazer. “Estamos trabalhando no projeto desde setembro do ano passado e ele ainda não terminou, a Aceleradora Renault, que começa em julho, é onde o nosso projeto deixa de ser apenas uma ideia e começa se tornar um negócio”, explica Brenda Nascimento, aluna de Design e integrante da equipe Move Curitiba.

Além das vencedoras, a UTFPR ainda classificou outras duas equipes entre as 11 finalistas: a Renotech, do Câmpus Ponta Grossa; e a Veló-cidade, do Câmpus Curitiba.

Parabéns, galera!

PhotoChallenge 2017

O Desafio Universitário PhotoChallenge está com inscrições abertas para a edição 2017 da competição. O tema da vez é Empoderamento Feminino e o objetivo é premiar as melhores fotografias que representam o tema.

PhotoChallenge 2017

As fotos enviadas serão julgadas por uma banca multidisciplinar, que levará em consideração, critérios como: criatividade, originalidade e adaptação ao tema. 

O concurso dará $10 mil para a foto vencedora, sendo R$5 mil para o autor(a) da foto e R$5 mil doados a uma instituição defensora da causa, conforme a escolha do vencedor(a). Clique aqui para ver as ONGs participantes e conhecer um pouco mais sobre o trabalho que é desenvolvido em cada uma delas.

Inscrições

As inscrições para o PhotoChallenge vão até 30 de junho e devem ser feitas exclusivamente pela internet.

Para mais informações, consulte o regulamento.

Empresa incubada celebra primeiro contrato de fornecimento de energia solar

E, sim, a incubadora da UTFPR é um lugar para construir grandes projetos!

A Tecnoger, empresa da Incubadora de Inovações Tecnológicas do Câmpus Cornélio Procópio, acaba de celebrar seu primeiro contrato para fornecimento de gerador fotovoltaico conectado à rede de distribuição da Copel, estatal paranaense de distribuição de energia elétrica.

E o resultado foi bem positivo. Durante o período de 21 dias de funcionamento do gerador, houve uma redução de 76 kWh no consumo de energia elétrica, em relação ao mês anterior, e uma compensação energética de 208 kWh, o que reduziu quase R$ 190 na fatura do cliente. Além disso, o consumidor acumulou 89 kWh de crédito para uso dentro de 60 meses junto à distribuidora.

Instalação residencial realizada em Cornélio Procópio, PR (Foto: Divulgação)

Instalação residencial realizada em Cornélio Procópio, PR (Foto: Divulgação)

A Tecnoger Energia Solar é especializada em soluções para geração de energia solar e tem como objetivo fornecer uma fonte limpa, renovável e inesgotável de energia para as cidades do Norte do Paraná.

Acompanhe aqui as atividades da empresa.