Crianças superdotadas participam de projeto de extensão no Câmpus Toledo

Já pensou que legal seria se crianças superdotadas tivessem um contato mais próximo à academia? Esse é o objetivo do projeto de extensão “Ensino de Eletrônica Básica para Alunos de Escolas Públicas com Altas Habilidades”, realizado no Câmpus da UTFPR na cidade de Toledo.

A ideia é bem simples: identificar alunos com excelentes desempenhos escolares e trazê-los para o Câmpus, para que possam ter contato com o universo da ciência e da pesquisa desde cedo.

Dentro do projeto, quatro alunos do sexto e sétimo ano do ensino fundamental de escolas públicas de Toledo têm aulas teóricas e práticas de circuitos elétricos, eletrônica digital e programação para Arduino (plataforma de programação livre), por exemplo. Eles também aprendem como funcionam os sinalizadores, sensores e atuadores diversos. E, além disso, são instruídos na montagem de robôs!

Ainda cursando o ensino fundamental, os alunos do projeto já iniciam seus estudos sobre robótica

Ainda cursando o ensino fundamental, os alunos do projeto já iniciam seus estudos sobre robótica

Segundo Cristina Favaro, pedagoga que acompanha essa turminha, os alunos foram diagnosticados com altas habilidades no inicio do ano e, então, foram incluídos no Projeto. “As aulas estão proporcionando-lhes um crescimento rápido na área de eletrônica e robótica”, comenta.

A opinião dos alunos é unânime, as aulas são realmente interessantes e úteis. “Em minha casa, já consigo montar e desmontar carrinhos e helicópteros de controle remoto.”, diz Luis Gustavo Gozzi, aluno do 7° ano do ensino fundamental.

Essas quatro pequenas feras serão acompanhadas até o fim de 2015 pela equipe do Projeto, formada por professores e alunos da UTF.

Vamos aguardar… Quem sabe esses prodígios não viram nossos nerds favoritos? ;)

Projeto Fale + ajuda alunos no aprendizado do inglês

A proficiência em algum idioma é uma das principais dificuldades para os estudantes interessados em fazer intercâmbio. É claro que a vivência em outro país, durante o período do intercâmbio, ajuda bastante… a questão é que, para concorrer a uma das vagas, muitos programas já exigem não apenas um conhecimento prévio do idioma, mas a própria proficiência.

E uma iniciativa no Câmpus Francisco Beltrão já está ajudando muitos alunos. Fruto de uma parceria entre entre o Centro Acadêmica de Línguas Estrangerias Modernas do Câmpus e o Rotary Clube da cidade, o projeto Fale + reúne alunos, servidores e membros estrangeiros do Rotary que fazem intercâmbio no Brasil.

“A intenção é que sejam momentos de descontração e informalidade, ao mesmo tempo em que a língua inglesa é praticada. Os intercambistas falam sobre o seu país, sua cidade e cultura, e depois respondem às curiosidades dos outros participantes”, explica Daiane Lourenço, coordenadora do Centro de Línguas do Câmpus.

A primeira reunião do projeto (foto abaixo) aconteceu em novembro e teve boa receptividade por parte dos alunos. “Achei mais interessante esse método de aprendizagem, pois a linguagem, além da tradução, inclui a expressão corporal. O contato pessoal, sem dúvidas, é mais viável que a utilização apenas de livros”, comenta a estudante Raoana de Souza Ribeiro, do curso de Engenharia Ambiental e uma das participantes da primeira edição do projeto.

Gostou? Então fique ligado, as reuniões continuarão em 2015 e serão divulgadas sempre pela coordenação do Projeto.

 

Alunos da UTF conquistam 2º lugar na Maratona de Aplicativos da Fiap

Três alunos do Técnico Integrado em Informática do Câmpus Campo Mourão acabam de alcançar a segunda colocação na Maratona de Aplicativos da Fiap! A competição reuniu mais de 1600 alunos de ensino médio de todos os estados brasileiros e teve sua fase final feita no escritório do Google Brasil, parceiro da iniciativa.

Participantes da fase final da Maratona de Aplicativos. Alunos da UTFPR no canto superior à esq.
Crédito da foto: TecMundo

Um dos requisitos da Maratona era que os apps buscassem melhorar a vida de alunos das escolas brasileiras. Assim, os estudantes da UTF, Lucas Mendes, Maísa Baldicera e Renan Gonçalves da Silva, desenvolveram o aplicativo Preparatório Enem.

A função do app é exibir as provas do Enem dos anos anteriores, para que o usuário possa resolver as questões pelo celular. O programa possui dois modos de realização de provas. No primeiro, o estudante responde a questão e recebe o resultado correto na hora e, no segundo, mais avançado, o estudante realiza todas as questões da prova e, quando termina, é aberto um gabarito com suas estatísticas de acertos e erros.

Lucas, que já sabia programar e pretende continuar na área da computação, conta que o evento lhe trouxe informações e principalmente motivação. “A experiência pessoal é sensacional, pois para um estudante do ensino médio que gosta de computação, ir visitar a Google e receber elogios de desenvolvedores e pessoas formadas na área é muito legal. No campo profissional foi uma expansão de pensamentos, pois eles mostraram para nós o que esta área pode nos trazer e nos incentivaram a seguir e investir nela”, exalta.

O aplicativo Preparatório Enem, que tem até vídeo demonstrativo, já está disponível em sua versão Beta. Segundo Lucas, a versão oficial deve ser postada na Google Play até fevereiro de 2015.

Parabéns, galera! :D

Clima de Natal já está no ar na UTF

Dezembro já está em clima de solidariedade e fraternidade das festas de fim de ano, não é mesmo? Na UTF, já tem gente que se deixou contagiar de vez e agora quer tornar o natal de outras pessoas muito mais feliz.
Veja a seguir as ações realizadas pelos alunos da Instituição e participe!

Crédito: ADMerry Christmas

Câmpus Curitiba

  • ADMerry Christmas
    A Atlética e o Centro Acadêmico do curso de Administração, junto com o Programa de Educação Tutorial em Políticas Públicas (PET-PP), promovem uma arrecadação de brinquedos no pátio da Sede Centro do Câmpus. No dia 17, o grupo se reunirá, neste ponto de coleta, com outros voluntários que também queiram participar para ir ao local da entrega. As doações serão destinadas a 170 crianças, entre três meses e cinco anos, do Centro Municipal de Educação Infantil Vila Torres.
  • Circuito Solidário
    Os estudantes do 7º período de Administração também organizam uma campanha de doação de roupas usadas (adulto/infantil) e fraldas. Os postos de coleta estão em locais estratégicos do Câmpus, como as entradas principais e o pátio central.

Câmpus Guarapuava

  • Brinquedos para a Pastoral da Criança
    Realizada em duas etapas, a campanha já está na segunda fase de arrecadação de brinquedos, novos e usados, para crianças de instituições beneficentes. Neste ano, a beneficiada será a Pastoral da Criança. A arrecadação vai até o dia 15 e os postos de coleta estão na biblioteca e no DERAC (secretaria) do Câmpus.

Câmpus Pato Branco

  • Natal PROJr
    Aqui as doações vão para os alunos da Escola Municipal Udir Cantu, do bairro São João. Os voluntários podem adotar a cartinha de uma ou mais crianças, ver o que foi pedido e colocar os presentes em uma sacola. Entre os itens, podem ser roupas, calçados, brinquedos, materiais escolares e guloseimas. As sacolas deverão ser entregues para os membros do PROJr até o dia 12. Para mais informações, os telefones são (46) 3220-2671 ou 9941-8951.

    Crédito: ADMerry Christmas

Câmpus Ponta Grossa

  • Coleta de Brinquedos
    O Departamento Acadêmico de Informática (DAINF) também realiza uma coleta de brinquedos, novos e usados, para as crianças beneficiadas pela instituição Irmãos Cavanis. A arrecadação será até o dia 17, ao meio-dia, diretamente no DAINF.

 

Aluna da UTF recebe prêmio de universidade irlandesa

O Blog do Aluno sempre mostra a galera da UTF em destaque mundo afora. Hoje é a vez da aluna do curso de Design, Franciele Rosário, que recebeu o prêmio de melhor estudante do Limerick Institute of Technology (LIT), na Irlanda!

Franciele foi reconhecida por obter as melhores notas em todas as disciplinas do curso “Animation and Motion Design”, realizado durante um ano de intercâmbio na instituição irlandesa.

Franciele acompanhada da coordenadora do curso de Design, da professora Miriam Retorta e dos representantes da LIT: Michael, Cliona e Siobhan

Por isso, no último dia 04, representantes do LIT vieram a Curitiba para entregar o certificado e o prêmio em dinheiro para a estudante. Durante a cerimônia, o vice-presidente do instituto, Michael O’Connell, elogiou a determinação da aluna.

Franciele agradeceu e contou como iniciou sua jornada. “Eu cheguei lá em agosto de 2013 e tive um mês de aulas de inglês. O nosso professor era ótimo, pois nos passava muitos detalhes da cultura irlandesa, que é super peculiar e riquíssima”, conta.

Após essa fase, a aluna começou as aulas regulares na cidade de Clonmel. “Foi uma experiência única! Os professores foram muito atenciosos e eu tive aulas bem focadas em animação e vídeo”. Além dos estudos,  Franciele também  conta que pôde tirar alguns dias para viajar. “Sempre tinha trabalhos grandes para entregar e provas no fim de cada semestre. Mas, nas semanas de folga, pude aproveitar para conhecer novos lugares”, diz.

Quer fazer intercâmbio como a Fran? Veja as dicas que ela deixou: ;)

1. Aproveite a oportunidade. As possibilidades de estudar lá fora aumentaram com o Ciências Sem Fronteiras.
2. Não se acomode. Estude. Se você não se encaixou bem no seu curso, estude a língua estrangeira. Mas não deixe esse tempo passar só como diversão porque o que você pode trazer de lá é muito mais valioso.
3. E se divirta também! Aproveite as folgas para viajar, converse bastante com estrangeiros, faça muitos amigos e traga boas histórias.