Peso não é documento!

A serventia do macarrão vai além da gastronomia. É o que os alunos de engenharia civil do Câmpus Pato Branco provaram na Competição de Pontes de Macarrão, organizada durante a Semana Acadêmica do curso.

O desafio é bem simples, pelo menos aparentemente: construir uma estrutura em formato de ponte a partir de fios de macarrão. A ponte vencedora seria a que aguentasse maior carga em relação a seu peso.

O mais interessante é que o exercício permite a aplicação de conhecimentos aprendidos em sala de aula, como é o das disciplinas Resistência dos Materiais e Mecânica dos Sólidos.

E com 907 g, a ponte campeã desta edição suportou incríveis 78 kg! A equipe que realizou o projeto era composta pelos acadêmicos Deisy Eckert, Eloá Eidt, Evelin Montagna, Gabriela Tancon e Janiel Bazzo.

A Semana Acadêmica de Engenharia Civil também ofereceu minicursos e palestras com professores e profissionais da engenharia.

Equipe da UTF se destaca na Competição Latino-Americana de Robótica

E mais uma vez os alunos da UTF se destacam em eventos científicos. Agora foi a vez da XII Competição Latino-Americana e Brasileira de Robótica, realizada entre os dias 18 e 22 de outubro na USP de São Carlos, onde a equipe UTBots se consagrou como um dos destaques da competição.

A equipe, formada por alunos dos cursos de Engenharia da Computação e Sistemas de Informação, conquistou  dois terceiros lugares nas seguintes categorias: RoboCup Simulation 3D e RoboCup@Home. E o feito é ainda maior se comparado com a quantidade de participantes: 750 pesquisadores de diversas instituições da América Latina, divididos em 144 equipes! Ah, a galera ainda competiu nas categorias Futebol de Robôs Simulação 2DSmall Size.

Membros da equipe:

Vinícius Amilgar Brenner (Engenharia da Computação);
Vanessa Schemmes Martins Pinto (Engenharia da Computação);
Emanuel Atanázio (Bacharelado em Sistemas de Informação);
Rodrigo Longhi Guimarães (Engenharia da Computação);
Rafael Jorge Trindade (Engenharia da Computação).
Coordenação: professor João Alberto Fabro, líder do grupo de pesquisa LASER – Laboratório Avançado de Sistemas Embarcados e Robótica da UTFPR.

Membros da equipe UTBots

Membros da equipe UTBots…

... e os troféus trazidos para a UTF!

… e os troféus trazidos para a UTF!

Parabéns, galera! :D

 

Novas ferramentas ajudam os alunos na área de Exatas

O curso de engenharia não é fácil, hein?! São cálculos e mais cálculos, além de conceitos complicados e as matérias específicas. Por isso, nós separamos alguns aplicativos e sites que podem te ajudar a enfrentar as disciplinas mais complicadas.

Circuitos
- AllAboutCircuits.comoferece uma série de livros online em inglês que abordam temas que envolvem as áreas elétrica e eletrônica.
- CircuitLab.com: permite o acesso a um editor de esquemas, PDFs, diagramas e circuitos, sem precisar de instalação.
- Engenharia Elétrica App: oferta calculadora, circuito elétrico, fórmulas e livros. Também mede o tempo de vida da bateria, a energia armazenada no condensador, a indutância e a capacitância e a tensão de um divisor de tensão de saída.
- Engenharia Elétrica – Pack:  possui calculadoras de voltage, de corrente, de resistência e de potência, monofásico – potência, três Phase – potência, monofásico – corrente e trifásico – corrente.

Química
- LearnChemE.com: é usado para o aprendizado de engenharia química, por meio de simulações e materiais de apoio de instrutores.

Cálculo
- EngineeringToolbox.com: dá ferramentas para fazer cálculos e exercícios de engenharia, como tabelas de conversão e explicações básicas de conceitos teóricos.
- Paul’s Online Math Notes: tira dúvidas de matemática.

Eletrônica
- EEVblog.com: contém vídeos sobre engenharia eletrônica que podem ajudar na compreensão de conceitos ensinados nas aulas.

Civil
- GraphPadPro: permite a criação de projetos à escala. É possível esboçar um desenho, com o ajuste automático das linhas e dos pontos e a indicação da escala do desenho para refletir as dimensões reais do projeto.

Geral
- Eng-tips.com: é um fórum online para você fazer perguntas, discutir e esclarecer as dúvidas sobre engenharia.
- Matweb.com: ajuda a entender as propriedades dos materiais.
- CFD-online.com: visa a melhor compreensão sobre sistemas operacionais.
- Engenharia Integral: possui tudo sobre Integral. Visa ajudar estudantes de Engenharia, Matemática, Estatística e demais áreas a entender e memorizar os principais casos de Integração.

Tem mais algum app para nos indicar? Manda pra gente. ;)

 

Inscrições para transferência de cursos começam em novembro

Quem esperou o ano inteiro para poder realizar transferência de câmpus ou de curso, já pode comemorar e preparar a documentação! A Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional (Prograd) lançou nesta quarta-feira (22) o edital do Processo Seletivo de Transferência e Aproveitamento de Cursos de Graduação para o primeiro semestre letivo de 2015.

Poderão participar alunos matriculados regularmente ou com matrícula trancada e candidatos egressos da UTFPR ou de outras instituições de ensino superior. As inscrições estarão abertas durante os dias 17 a 26 de novembro pelo site, na aba “Futuros Alunos”. A ficha de inscrição deve ser impressa e anexada aos documentos e postada via Correios ou protocolada no Derac do câmpus pretendido.

Entre a documentação exigida está o histórico escolar completo e os conteúdos programáticos das disciplinas cursadas. Lembrando que somente serão validadas as inscrições dos candidatos que enviarem todos os documentos listados no edital e dentro do prazo. Terão prioridade no preenchimento das vagas: alunos dos cursos de mesma denominação ou de áreas afins, alunos de câmpus distintos da UTFPR e de outra instituição de ensino pública.

Ah, também é pré-requisito o candidato estar em período igual ou superior ao estabelecido pelo edital em seu curso de origem.

Entre os cursos disponíveis estão Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Comunicação Organizacional, Administração, Letras Português – Inglês e Química. O quadro completo de vagas ainda será divulgado pela Prograd.

Para mais informações, confira o edital completo.

Câmpus Londrina desenvolve projetos para inclusão digital da terceira idade

Foram retomadas, em Londrina, as atividades dos projetos de extensão “Vivenciando a Inclusão Digital” e “Alfabetização Digital e Internet na Terceira Idade”. Iniciativa da UTF em parceria com a Secretaria Municipal do Idoso, os dois projetos têm como propósito capacitar idosos com noções básicas de informática, comunicação digital e utilização da internet.

Os cursos, realizados desde 2013, contam com 15 alunos voluntários em cada turma, que se prontificam ao auxílio individual de cada idoso, além de servidores da UTF. O projeto “Vivenciando a Inclusão Digital” está em sua segunda turma, e é ministrado pela professora da UTF Regina Sayuri Kainuma Yamada. Já o “Alfabetização Digital e Internet na Terceira Idade”, está finalizando o curso com a sua primeira turma e é liderado pela professora Nazira Hanna Harb.

A ideia do projeto nasceu da necessidade de responder as demandas da sociedade em que o câmpus está inserido, explica a professora Andréa Maria Baroneza, coordenadora do projeto. Segundo ela, o vínculo com o Centro de Convivência do Idoso da Zona Leste de Londrina trouxe a visão da necessidade de ações por parte de servidores e alunos que pudessem oferecer apoio à inclusão digital dos idosos atendidos pelo Centro de Convivência.

A professora conta que os projetos proporcionam uma excelente atividade mental para os idosos, por auxiliar na manutenção da memória, proporcionar a apreensão de algo novo, valorizar a vida, suas experiências e interesses. “Meu sentimento e de todo grupo envolvido, professores e alunos voluntários, é de que estamos tornando a vida dessas pessoas mais significativas. Estamos contribuindo para a sua inserção no ambiente familiar e social”, completa.

A intenção dos envolvidos é dar continuidade aos projetos após o término das duas turmas atuais. Assim, se você é ou conhece idosos que queiram ficar por dentro das novas tecnologias, fique ligado na abertura de novos grupos! Ah, e os projetos também estão de portas abertas para o pessoal que quiser trabalhar como voluntário. ;)