Mais um capítulo de sucesso na história do Pato a Jato: Detroit

Fonte: Rick Osentoski - imagens para Shell

Se a equipe Pato a Jato ainda é novidade para você, prepare-se: ainda teremos muito a escrever sobre este verdadeiro time! É que os garotos integrantes do grupo e o professor Marcio Nakaura, coordenador do projeto, gostam mesmo é de “alçar voos”, como eles falam. E já podem adicionar mais um capítulo no currículo de vitórias: Detroit, a capital do automobilismo norte-americano ✓

O grupo, que desenvolve protótipos de automóveis para uso eficiente de combustíveis, já voou em diversos campeonatos ao redor do Brasil ao longo dos seus seis anos de atividade. Mas ganhar a moral de ser anunciado vitorioso (duas vezes!) por Emerson Fittipaldi não era suficiente (saiba mais aqui e aqui), afinal as fronteiras brasileiras já estavam ficando pequenas para a qualidade dos protótipos, que sempre apresentaram ótimos resultados nos campeonatos em que participaram. Apareceu a oportunidade, e eles FORAM! Voaram mesmo e já estão voltando de Detroit como vice-campeões da Shell Eco-Marathon das Américas! :D :D :D

Representando a UTFPR no meio de 100 equipes universitárias (entre elas, quatro brasileiras) de diversos países, a equipe obteve destaque na categoria “combustível alternativo”, com o etanol, fazendo 316 quilômetros com um litro do produto, performance que rendeu o segundo lugar pela categoria na maratona. “Essa foi a melhor participação brasileira na história da competição. Voltaremos ao Brasil com o sentimento de missão cumprida”, externou Márcio, professor que acompanhou os alunos na maratona e responsável pelo projeto.  Apenas 42km/l separaram a Pato a Jato da vencedora, uma equipe da Universidade do Colorado (EUA).

E aqui vem aquela emoção em ver a bandeira brasileira no topo!

E aqui vem aquela emoção em ver a bandeira brasileira no topo!

Confira mais algumas fotos do evento:

Fonte: Reprodução/ShellFonte: Reprodução/FacebookPatoaJatoFonte: Reprodução/FacebookPatoaJatoFonte: Reprodução/FacebookPatoaJato

Alunos da UTF reconstroem projetos do inventor Leonardo Da Vinci

Estão em exposição no Museu Campos Gerais, em Ponta Grossa, maquetes de invenções de Leonardo Da Vinci. As réplicas foram desenvolvidas por alunos de engenharia mecânica da UTFPR Câmpus Ponta Grossa.

Podem ser vistas peças recriando inventos como o Tanque de Guerra, o Paraquedas e a Bicicleta. Além das obras, a exposição apresenta ao público cartazes que contam um pouco da história de Da Vinci.

Segundo Laercio Javarez Junior, professor e coordenador do curso, os objetos foram construídos em atividades extracurriculares na disciplina mecânica dos sólidos. O exercício  foi proposto como uma forma de mostrar aos alunos as diversas facetas de Leonardo Da Vinci e incentivá-los a desenvolver a criatividade.

Além dos estudantes de UTF, a exposição é estendida agora à comunidade. Entre os objetivos desta fase, Junior cita a tentativa de alcance de alunos de baixa renda no ensino médio. “Quem sabe não descobrimos um Leonardo Da Vinci entre eles?”, diz o professor.

A exposição fica em cartaz até o dia 5 de maio no Museu Campos Gerais – Rua Engenheiro Schamber, 686, Centro.  As visitas são aberas  das 8h às 11h45 e das 13h30 às 17h15, de terça à sexta. Agendamento de monitorias pode ser feito pelo telefone (42) 3220-3470 ou pelo e-mail museucamposgerais@uepg.br.

Contagem regressiva: Olimpíada Paranaense de Química

Atenção, alunos do ensino médio de todo o Paraná! A UTFPR, com o apoio da Secretaria de Estado da Educação do Paraná e do Conselho Regional de Química, está promovendo a 15ª edição da Olimpíada Paranaense de Química.

Após cada escola selecionar seus alunos (no limite de 25, por unidade escolar e/ou estabelecimento de ensino), será realizada a fase II, cujas provas serão aplicadas nos câmpus da UTF espalhados por todo o estado.

O mais legal disso? Depois da etapa estadual, os competidores poderão participar também das etapas nacionais, ibero-americana e até a internacional! Ah, e também vai ter medalhas, troféus e certificados pra quem mandar bem, sim! :)

Para participar, basta apenas curtir tabela periódica, átomos, isótopos e isóbaros, assim como ligação iônica, termoquímica, polímeros e biomoléculas…. se informar na sua escola sobre como funcionará os procedimentos da primeira fase e já ir se preparando para a etapa seguinte, que ocorrerá no dia 30 de maio.

Quem for selecionado pela escola, deverá fazer a inscrição no site da competição no período de 20 de abril a 20 de maio.

Para mais informações, consulte o regulamento da olimpíada :D

 

Acadêmicos de Medianeira promovem páscoa solidária para 600 crianças

A Associação Voluntária & Universitária Mediares, composta cerca de 100 acadêmicos do Câmpus Medianeira da UTFPR, realizou mais uma ação social voltada à comunidade infantil.

Voluntários da Mediare juntamente com alunos de uma das instituições atendidas pela campanha. (Foto: Reprodução/Ascom-MD)

Voluntários da Mediare juntamente com alunos de uma das instituições atendidas pela campanha. (Foto: Reprodução/Ascom-MD)

Neste ano, a Campanha “Adote a Páscoa de uma Criança” objetivou arrecadar ovos de chocolate para doação às crianças de escolas públicas da cidade. Foram contempladas a Escola Grizelde Fischborn que atende, aproximadamente, 400 crianças com idades entre 5 e 11 anos e o Centro Municipal de Educação Infantil Silvia Pereira Donel, que atende 175 crianças, de 1 a 4 anos de idade, ambas localizadas no Bairro Belo Horizonte. A Casa Abrigo, que atende crianças retiradas, temporariamente, do convívio familiar por decisão judicial, foi a outra entidade beneficiada pela Mediares.

Segundo Mariluzi Klein Faganello, diretora do Cmei Silvia Donel, para a maioria das crianças que frequentam a creche, o ovo de chocolate entregue pela Mediares, é o único presente que elas recebem na Páscoa, devido à carência dos familiares e falta de recursos dos mesmos.

Ao falar sobre a campanha da Páscoa, João Paulo Avelino, presidente da Mediares, comenta que, realizar tais ações vai além de cumprir os objetivos da Associação. Conforme João Paulo: “são momentos únicos que nos permitem compartilhar alegria, atenção e carinho com as pessoas que precisam. Sabemos que não podemos resolver os problemas sociais, porém, somos conscientes que nossas ações e atitudes podem diminuir o sofrimento dessas pessoas e, transformar, se não sua vida, apenas o dia!”

Na semana passada, a entrega dos ovos realizada nas escolas, fez a Páscoa de 600 crianças mais feliz e com gosto de chocolate!

Alunos constroem bancada didática para laboratórios de Cornélio Procópio

Os alunos Luccas Castorini, Lindolpho Veiga e Kerolynie Casagrande tiveram grandes experiências e aprendizados durante seus estágios. E diante das dificuldades práticas que encontraram no início de suas vidas profissionais, o trio decidiu não apenas retornar, como compartilhar com as próximas gerações de estudantes do curso de Tecnologia em Manutenção Industrial, o conhecimento adquirido.

O Trabalho de Conclusão de Curso dos alunos envolveu a construção de uma bancada didática para aprendizagem e testes nas áreas de mecânica de fluidos e instrumentação industrial. Segundo os estudantes, o projeto tem por objetivo facilitar o entendimento do funcionamento e exemplificar os procedimentos de carga e atuação de bombas às próximas turmas, de forma mais prática e dinâmica.

O equipamento irá proporcionar aos alunos um conhecimento tanto sobre o equipamento, quanto sobre situações do cotidiano da profissão. A bancada, construída através de diversas doações de empresas da cidade e da própria UTF, também com a ajuda de professores da Universidade. Os idealizadores doaram o invento para o departamento do curso, que poderá utilizá-lo para futuras atividades acadêmicas.

Dá uma olhada em como ficou:

E aqui estão os alunos e os professores no dia da apresentação do TCC :D

Aqui estão os alunos e os professores durante o dia da apresentação do TCC